Divulgação

Os nepo-babies da direção

Por Caio Coletti

Ishana Night Shyamalan, filha do ícone do horror M. Night Shyamalan, estreou na direção de longa-metragens com Os Observadores, que chegou esta semana aos cinemas brasileiros. Mas quais outros filhos e filhas de diretores famosos seguiram os passos dos pais?

Divulgação

sofia coppola

A família Coppola é quase uma aristocracia do cinema, mas vale lembrar que Sofia, queridinha dos cinéfilos por filmes como As Virgens Suicidas (1999), Maria Antonieta (2006) e Priscilla (2023), é filha do venerável cineasta de O Poderoso Chefão, Francis Ford.

Divulgação

… e Roman Coppola

O outro filho de Francis também dirige seus próprios filmes, comerciais e vídeos musicais (vários clipes dos Strokes são dele!). Entre os longas, destaque para As Loucuras de Charlie (2012), comédia que tentou ressuscitar a carreira de Charlie Sheen.

Divulgação

brandon cronenberg

Seguindo a deixa do pai, David Cronenberg, Brandon tem dirigido filmes de terror/sci-fi que exploram distorções corporais e futuros distópicos - vide Antiviral (2012), Possessor (2020) e Piscina Infinita (2023).

Divulgação

... e caitlin cronenberg

A irmã mais nova de Brandon também está se aproximando do negócio da família. Após anos investindo na fotografia, ela estreou como cineasta com o thriller psicológico Humane (2024), ainda inédito no Brasil.

Divulgação

jake scott

Jake é outro filho de diretor famoso (Ridley Scott) que investiu nos videoclipes para iniciar a carreira, mas que acabou pulando para os longas com títulos como Os Saqueadores (1999), Corações Perdidos (2010) e Uma Mulher Americana (2018).

Divulgação

… e Luke Scott, e Jordan Scott

Pois é, mais dois filhos de Sir Ridley se arriscaram na direção. Luke foi assistente do pai por anos antes de assinar o sci-fi Morgan: A Evolução (2016), enquanto Jordan fez o temperamental thriller Sedução (2009), com Eva Green.

Divulgação

jason reitman

Após fazer nome com dramédias elogiadas como Juno (2007) e Amor Sem Escalas (2009), Jason Reitman seguiu os passos do pai, Ivan Reitman, ao assumir o comando da franquia Caça-Fantasmas a partir de Ghostbusters: Mais Além (2021).

Divulgação

jonás cuarón

Filho de Alfonso Cuarón, diretor mexicano que venceu o Oscar por Gravidade, Jonás se destacou com o tenso Deserto (2015) antes de ser cooptado pela Netflix para dirigir a aventura latina Meu Amigo Lutcha (2023).

Divulgação

alison eastwood

Após fazer pontinhas nos filmes do pai, Clint Eastwood, durante a infância, Alison foi para trás das câmeras com o drama Trilhos do Destino (2007), estrelado por Kevin Bacon e Marcia Gay Harden. Também é dela o western Battlecreek (2017), com Bill Skarsgard.

Divulgação

goro miyazaki

A sombra gigantesca do pai, Hayao Miyazaki, ainda ofusca os trabalhos de Goro, que também faz parte da equipe do Studio Ghibli. Ele assinou Contos de Terramar (2006), Da Colina Kokuriko (2011) e Aya e a Bruxa (2020).

Divulgação

sam levinson

Pois é, o criador e diretor de Euphoria e The Idol, além de filmes como País da Violência (2018) e Malcolm & Marie (2021), também é um nepobaby. O pai de Sam é o diretor Barry Levinson, vencedor do Oscar por Rain Man.

Divulgação

nick cassavetes

Com filmes populares como Diário de uma Paixão (2004) e Uma Prova de Amor (2009) no currículo, Nick passa longe do estilo independente emblemático do pai, John Cassavetes, conhecido por clássicos como Uma Mulher Sob Influência e Glória.

Divulgação

bryce dallas howard

Após anos se destacando como atriz, a filha do também ator-diretor Ron Howard (Uma Mente Brilhante, O Código Da Vinci) tem investido na direção, em episódios de The Mandalorian e O Livro de Boba Fett, além do documentário Pais (2019).

Divulgação

saiba tudo sobre cultura pop no omelete!

Divulgação