Jesse Grant / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP

Créditos da imagem: Jesse Grant / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP

Filmes

Notícia

Alan Horn, diretor de criação da Disney Studios, se aposentará ao fim deste ano

Companhia anunciou a decisão hoje (11)

Flávio Pinto
11.10.2021
17h58
Atualizada em
11.10.2021
18h19
Atualizada em 11.10.2021 às 18h19

Alan Horn, diretor de criação da Disney Studios Content, anunciou hoje (11) que vai se aposentar. De acordo com o Deadline, Horn só permanece na companhia do Mickey Mouse até o dia 31 de dezembro deste ano, encerrando uma temporada de mais de nove anos no cargo. 

O diretor chegou à Disney em 2012, trazendo estabilidade ao estúdio após a sequência de fracassos de Rich Ross, responsável por aprovar a produção de títulos que fracassaram amargamente na bilheteria, como John Carter e a animação Marte Precisa de Mães

Durante seus nove anos no cargo, Horn expandiu as produções da Disney para além das telas — chegando ao streaming. Também no período, a Disney também conseguiu bater diversos recordes de bilheteria, passando de US $7 bilhões em 2016 e 2018, e US $11 bilhões em 2019 — o único estúdio a atingir a marca.

Vinte filmes da Disney ultrapassaram a marca de um bilhão de dólares em todo o mundo, uma dúzia dos quais estão no top 20, enquanto cinco estão entre os 10 maiores lançamentos mundiais de todos os tempos.

Isso inclui o maior lançamento doméstico de todos os tempos em Star Wars: O Despertar da Força, e o segundo maior lançamento global de todos os tempos em Vingadores: Ultimato, bem como os maiores lançamentos animados de todos os tempos, tanto nacional como globalmente em Os Incríveis 2 e Frozen 2, respectivamente. Todos que aconteceram sob a tutela de Horn.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.