Imagem de The Walking Dead

Créditos da imagem: AMC/Divulgação

Séries e TV

Notícia

The Walking Dead "ainda terá vida longa", diz CEO da AMC Networks

Matthew Blank, CEO interino da emissora, revelou hoje (6) em coletiva novos planos para franquia zumbi

Flávio Pinto
06.12.2021
15h57

Prestes a se despedir após 11 temporadas no ar, The Walking Dead ainda terá vida longa nas telinhas. Pelo menos é o que afirmou Matthew Blank, CEO interino da AMC Networks, que exibe a produção [The Hollywood Reporter]. 

Durante a conferência virtual UBS Global Technology, Media and Telecom realizada hoje (6), Blank disse que a franquia zumbi ainda "viverá por muito tempo". Para ele, o novo derivado da franquia, Tales of The Walking Dead, deverá ser responsável por trazer um novo público ao universo da série. 

Junto aos 16 episódios finais de The Walking Dead, a antologia Tales fará parte da nova programação da emissora prevista para 2022, descrita pelo CEO como "provavelmente a mais forte que temos em anos".

The Walking Dead já tem dois derivados em exibição atualmente, Fear the Walking Dead, em sua sétima temporada, e The Walking Dead: World Beyond, em seu segundo ano. Ainda, a franquia também já aprovou um derivado focado nos personagens de Norman Reedus e Melissa McBrideDaryl e Carol, respectivamente.

A 11ª e última temporada estreou em agosto, mas o fim de The Walking Dead ficará para 2022, já que serão exibidos um total de 24 episódios, divididos em três partes

No Brasil, The Walking Dead é exibida pelo streaming Star+.

Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.