Filmes

Artigo

Vingadores: Guerra Infinita | Entenda o plano do Doutor Estranho no filme

Cuidado, spoiler!

Fábio de Souza Gomes
01.05.2018
10h39
Atualizada em
29.06.2018
02h47
Atualizada em 29.06.2018 às 02h47

CUIDADO, SPOILER

O Doutor Estranho é um dos principais nomes de Vingadores: Guerra Infinita. O personagem interpretado por Benedict Cumberbatch parece sempre sob controle e, ao longo do filme, mostra que suas responsabilidades envolvendo a Joia do Tempo são muito maiores que atos heroicos – chegando, inclusive, a dizer a Tony Stark que prefere deixa-lo morrer ao lado do Aranha a entregar o artefato para Thanos. Contudo, o herói se contradiz e, ao final do filme, entrega a Joia ao Titã, deixando fãs se perguntando o motivo pelo qual ele teria feito isso.

Pouco antes do grupo formado por Tony Stark, Senhor das Estrelas, Drax, Homem-Aranha, Mantis e o próprio Doutor Estranho enfrentar Thanos, o principal mago do Universo da Marvel faz uma viagem para diversos futuros para tentar descobrir uma maneira de destruir o Titã. Ele vê 14 milhões de possibilidades diferentes e, para seu espanto, em apenas um desses futuros os heróis conseguem sair vitoriosos.

Após quase arrancarem a Manopla do Infinito da mão do vilão, o Titã se recupera e quando está perto de matar Tony Stark o Doutor Estranho oferece sua Joia para que ele poupe a vida do herói. Perguntado pelo Homem de Ferro o motivo pelo qual teria feito isso, ele diz que essa é a “jogada final”. Porém, ele não está se referindo ao vilão e, sim, a ele mesmo.  

Recentemente, Joe Russo teria dito em uma rápida sessão de perguntas e respostas que a frase do herói diz antes de morrer, “esse é o único jeito” teria ligação direta com os futuros que o personagem viu. Então, o Doutor Estranho sacrificou a própria existência e a Joia do Tempo que jurou proteger para garantir que o único futuro onde os heróis conseguem derrotar Thanos vire realidade.

O Doutor Estranho trabalhou para que os Vingadores perdessem de maneira especifica, como viu no único futuro vencedor. Ele, acima de tudo, garantiu a vida de Tony Stark - que deve ter um papel fundamental no próximo filme e deve liderar os heróis na nova batalha contra o Thanos. O mago, então, preferiu perder a batalha para vencer a guerra.

Vingadores: Guerra Infinita já está em cartaz nos cinemas e Vingadores 4 está marcado para 2 de maio de 2019. 

Por dentro de Vingadores: Guerra Infinita