Obi-Wan Kenobi

Créditos da imagem: Lucasfilm/Divulgação

Séries e TV

Artigo

Obi-Wan Kenobi | “Parte V” é ditada por estratégias e reviravoltas

Penúltimo capítulo da minissérie chegou ao Disney+ nesta quarta-feira (15)

Omelete
4 min de leitura
Nico Garófalo
15.06.2022, às 10H35
ATUALIZADA EM 18.06.2022, ÀS 16H26
ATUALIZADA EM 18.06.2022, ÀS 16H26

[Spoilers de Obi-Wan Kenobi - “Parte V” à frente]

Depois de quatro episódios ensaiando um retorno de seu personagem titular à boa forma de seus tempos como mestre jedi, Obi-Wan Kenobi enfim trouxe de volta o personagem estrategista e paciente que aprendemos a amar entre 1977 e 2005. Mais que isso, a “Parte V” da minissérie, disponibilizada nesta quarta-feira (15), mostra por que o Lado Sombrio sempre esteve destinado a perder.

O quinto capítulo começa com um pé no peito nostálgico: em um flashback, vemos Anakin (Hayden Christensen), ainda um padawan, esperando por Obi-Wan (Ewan McGregor) em uma área de treinamento de combate do Templo Jedi. Quando o mestre chega, os dois trocam farpas irônicas antes de cruzarem sabres de luz. A memória é repentinamente interrompida por Reva/Terceira Irmã (Moses Ingram), que informa Darth Vader (voz de James Earl Jones) que encontrou o esconderijo do Caminho em Jabiim. Como recompensa pelo sucesso da inquisidora, o sith a promove a Grande Inquisidora, posto que a vilã almejava desde os primeiros minutos da produção.

Em Jabiim, os líderes do Caminho, guiados por Roken (O’Shea Jackson Jr.), começam a planejar sua fuga, já atrasada pela missão de Ben e Tala (Indira Varma) para resgatar Leia (Vivien Lyra Blair). Os planos dos rebeldes são interrompidos, no entanto, quando Lola, a droid da princesa de Alderaan alterada por Reva, sabota os portões da base clandestina, essencialmente impedindo a decolagem de qualquer nave que possa transportar refugiados. Ao mesmo tempo, Vader e a Terceira Irmã chegam ao sistema e começam um cerco à base do Caminho. Com o grupo encurralado, Ben os convence a tentar enfrentar o Império, pelo menos até eles conseguirem recuperar o controle dos portões para escapar.

Paralelamente, alguns flashbacks retomam o treino de Obi-Wan e Anakin, detalhando a obsessão do padawan em vencer e a capacidade do mestre de improvisar para tomar a vantagem no duelo. Essas memórias deixam um pouco mais evidente a dinâmica entre os dois ex-amigos e projeta uma inevitável derrota de Vader e do Lado Sombrio - não só em Jabiim, mas na Saga Skywalker de modo geral.

De volta ao esconderijo do Caminho, Ben pede para negociar com a Terceira Irmã. Curioso pelo fato de Reva saber que Vader e Anakin são a mesma pessoa, o velho jedi interroga a vilã e descobre a verdade: a jovem, quando ainda era uma criança, viu seus colegas e amigos - “a única família que eu tinha” - serem mortos por stormtroopers e pelo Sith durante a Ordem 66. Ela sobreviveu se escondendo entre os corpos de outros aprendizes e começou a planejar sua vingança. Fica claro, então, que a Inquisidora nunca quis matar Obi-Wan, mas sim usá-lo como isca para chegar perto do líder imperial e matá-lo. Ben tenta convencê-la a enfrentar seu antigo padawan ao seu lado, mas a vilã dispensa a aliança e começa sua invasão à base dissidente.

Os stormtroopers obrigam os refugiados a recuar, com Tala, Roken e Ben na dianteira dando cobertura aos fugitivos. A ex-comandante do Império é atingida, assim como seu droid de confiança, e, num último esforço para salvar o Caminho, usa um detonador térmico, sacrificando-se, mas levando vários soldados consigo.

De volta às naves de fuga, Leia se oferece para entrar nos dutos de ar para arrumar manualmente os comandos dos portões. Lá, ela encontra Lola e retira o pino de contenção que a controlava. Enquanto ela e a droid consertam a rota de fuga, Ben pede a Haja (Kumail Nanjiani), agora também um fugitivo do Império, para que o vigarista fique de olho na princesa. O jedi entrega suas armas e seu comunicador ao rapaz e deixa a base com intenção de se entregar a Reva e atrair Vader para a superfície de Jarbiim.

Confiando na vontade de vingança de Vader, Ben se rende à Terceira Irmã, deixando claro que planeja apenas atrair o sith para que ela possa ter sua vingança. O plano funciona e, quando o vilão chega a Jabiim para enfrentar seu antigo mestre, ele já conseguiu se livrar dos poucos guardas com que Reva o deixou, juntando-se aos refugiados do Caminho.

Vader alcança a nave de fuga dos rebeldes em meio à sua decolagem e usa a Força para derrubar a embarcação. Ele descobre, no entanto, que foi enganado e que esse primeiro transporte estava vazio e uma segunda nave, essa sim com os membros do Caminho, decola rapidamente. Aparentemente exausto, o sith não consegue derrubá-los.

Aproveitando a distração de Vader, Reva tenta atacá-lo, mas o vilão mostra que já tinha conhecimento dos planos da Terceira Irmã e, com extrema facilidade, a derrota tanto com a Força quanto com sabre de luz. Ele a acerta, assim como fez dez anos antes e revela que o Grande Inquisidor (Rupert Friend) ainda está vivo.

Deixada para morrer, Reva encontra o comunicador danificado de Ben, derrubado por Haja em sua fuga apressada, e ouve partes isoladas de uma mensagem de Bail Organa (Jimmy Smits): “garoto” e “Tatooine”. O episódio então encerra de forma agourenta, com Ben sentindo um crescente perigo em torno do pequeno Luke (Grant Feely).

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.