Séries e TV

Notícia

T.J. Miller, de Silicon Valley e Deadpool, é preso por forjar denúncia de bomba nos Estados Unidos

Ator foi liberado após pagar fiança de US$100 mil

Arthur Eloi
10.04.2018
14h04
Atualizada em
29.06.2018
02h45
Atualizada em 29.06.2018 às 02h45

T.J. Miller, ator conhecido por interpretar Erlich Bachman em Silicon Valley e Weasel em Deadpool, foi preso nos Estados Unidos após forjar uma denúncia de bomba em abril. A informação é da Variety.

Gage Skidmore/Reprodução

A acusação, preenchida pela Procuradoria de Connecticut, detalha que Miller foi apreendido por "intencionalmente ter entregue informações falsas sobre um dispositivo explosivo em um trem indo para Connecticut". O ator foi mantido sob custódia e poderia enfrentar até cinco anos de prisão, mas foi liberado após pagar uma fiança de US$100 mil.

O comunicado da Procuradoria também informa que Miller sequer estava no trem onde informou que uma das passageiras carregava uma bomba em sua bolsa, no último dia 18 de março.

Ainda assim, funcionários do trem onde o ator se encontrava afirmam que ele estava sob a influência de álcool e agindo de forma agressiva com uma passageira que ocupava as fileiras a frente da dele. Por fim, a denúncia também garante que o motivo pelo qual Miller fez a denúncia foi por problemas pessoais com a mulher acusada de carregar uma bomba.

Miller deixou o elenco de Silicon Valley antes da estreia da quinta temporada. Recentemente, o criador Mike Judge afirmou que o abuso de álcool e drogas pelo ator, combinados com desinteresse na produção, foram os catalisadores de sua saída: "Há muitas formas de descobrir quando alguém não quer mais fazer o programa. Não é divertido trabalhar com alguém que não quer estar lá, especialmente quando se é um dos protagonistas e há diversos membros da equipe e figurantes que não são tão bem pagos mas estão no set desde antes das 7h da manhã, apenas para ouvirem que não irão gravar no dia" - saiba mais.

Sem Miller, Silicon Valley é transmitida no Brasil pela HBO.