Sean Bean como Ned Stark em Game of Thrones

Créditos da imagem: Game of Thrones/HBO/Reprodução

Séries e TV

Notícia

Sean Bean passou a recusar papéis em que seu personagem morre

Ator morreu 21 vezes ao longo de filmes e séries, como Senhor dos Anéis, Game of Thrones e mais

Arthur Eloi
20.09.2019
12h36

De Senhor dos Anéis até Game of Thrones, Sean Bean construiu um legado através de personagens que morrem nas obras - afinal, ele morreu 21 vezes ao longo de sua carreira nas telas -, mas o ator parece ter enjoado dessa reputação. Em entrevista ao The Sun, Bean conta: “Eu recusei papéis já que as pessoas sabem que meu personagem vai morrer só porque eu estou no elenco! Tive que recusar algumas coisas e começar a sobreviver, senão ficava muito previsível.

Eu peguei um trabalho uma vez e me falaram ‘Nós vamos te matar’, e eu pensei ‘Ah não!’. Aí me disseram ‘Bom, podemos te machucar bastante?’ e eu concordei ‘Ok, desde que eu fique vivo dessa vez’”, falou Bean. “Eu sempre interpretei vilões, eles eram ótimos mas nunca muito satisfatórios - e eu sempre morria.

Para a sorte do ator, seu próximo papel na série World on Fire, da drama histórico da BBC One,não terminará de forma trágica: “Eu sobrevivo em World On Fire. Estou em minha casa em Manchester e estou seguro”, brincou.

World On Fire é um drama que se debruça na Segunda Guerra Mundial através dos olhos de pessoas comuns de todos os lados do conflito. A primeira temporada de sete episódios seguirá o primeiro ano da guerra, começando com a invasão alemã da Polônia em setembro de 1939 e terminando com a Batalha da Inglaterra.

A série será escrita por Peter Bowker, que assina também a produção-executiva. “World On Fire conta as histórias humanas ocultas dentro dos grandes eventos históricos que achamos que sabemos", disse Bowker. "Começando por Harry, um jovem tradutor inglês em Varsóvia que conversou com os nazistas e tentou contrabandear sua amante polonêsa Kasia para fora do país, até Lois, a garota que está esperando por ele em casa, uma jovem operária que irá aproveitar todas as oportunidades que a guerra pode oferecer para viver um tipo diferente de vida. A série contará também a história de Nancy, uma correspondente de guerra norte-americana que não consegue encontrar a paz a menos que sua vida corra risco, e da família Rossler em Berlim, preocupada com seu filho soldado e disposta a fazer qualquer coisa para proteger sua filha deficiente das atenções do governo nazista. Estas são as histórias das pessoas comuns que moldaram nosso mundo. Histórias de lealdade e brutalidade, coragem e medo, esperanças, histórias de amor e perda.

A estreia de World On Fire acontece em 29 de setembro no Reino Unido, sem previsão de chegada ao Brasil.