Divulgação/Montagem

Créditos da imagem: Netflix, Disney e Warner Bros. Discovery

Séries e TV

Notícia

Netflix, Disney e Warner custearão viagens de funcionários para abortos nos EUA

Empresas anunciaram decisão após lei Roe v. Wade ser anulada

Omelete
1 min de leitura
Pedro Henrique Ribeiro
27.06.2022, às 21H05

Empesas de mídia como Netflix, Paramount, Disney, Warner Bros. Discovery, Sony e Meta vão custear as viagens de funcionários que desejem realizar abortos nos Estados Unidos. A decisão das empresas vem após a suprema corte do país derrubar, na sexta-feira (24), a lei Roe v. Wade, que dava garantia institucional para a realização de abortos no país. 

Segundo informações reunidas pela Variety, as empresas afirmam que pretendem manter o acesso aos cuidados necessários para os funcionários. Após a decisão da suprema corte, 13 estados se posicionaram em direção ao banimento, pelo menos nove pretendem criminalizar o procedimento.

Nos Estados Unidos, os estados possuem poder de escrever as próprias leis com base na constituição local, por esse motivo, outros 16 estados devem seguir garantindo o acesso legal ao aborto seguro. Outros estados não devem proibir o procedimento, porém, também não possuem legislação que garanta o procedimento.

O Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Acompanhe a gente também no YouTube: no Omeleteve, com os principais assuntos da cultura pop; Hyperdrive, para as notícias mais quentes do universo geek; e Bentô Omelete, nosso canal de animes, mangás e cultura otaku.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.