Séries e TV

Notícia

Estudo mostra representação recorde de LGBTQ na televisão americana

GLAAD conduz pesquisa “Where We are on TV”

Julia Sabbaga
26.10.2018
11h14

A pesquisa "Where We are on TV", conduzida pela GLAAD, concluiu que 2018 bateu o recorde para a representação de indivíduos LGBTQ na televisão. Este ano, 8.8% dos personagens fixos (75 no total) da televisão se encaixam na categoria, com mais 38 personagens convidados [via Variety]. 

O estudo ainda mostra que 50% dos personagens LGBTQ são não-caucasianos, e os gêneros são divididos igualmente também, mostrando um aumento na representatividade feminina do ano passado, que marcava 45%. Das emissoras e plataformas estudadas, a Netflix tem o maior número de personagens LGBTQ, enquanto na TV a cabo a maior representante é a FX

Na TV a cabo, indivíduos não-caucasianos e LGBTQ constituem 46% dos personagens fixos e recorrentes. Em streaming, a taxa é de 48%. 

A presidente da GLAAD, Sarah Kate Ellis, comentou o estudo: "Com políticas anti-LGBTQ sendo debatidas nacional e internacionalmente, as histórias e personagens na televisão são mais críticas do que nunca para entender e aceitar as pessoas LGBTQ. Estas séries demonstram que o público está sedento por novas histórias e perspectivas".