Magia Record

Créditos da imagem: Reprodução

Séries e TV

Lista

Entenda Magia Record, a nova série no mundo de Madoka Magica

Ao contrário de outros títulos do gênero, como Sailor Moon ou Sakura Card Captors, anime é mais sombrio

Fábio Garcia
28.01.2020
16h22

No começo da década passada um anime sobre umas garotas mágicas chamou a atenção de todo mundo. Puella Magi Madoka Magica chegou como quem não quer nada e logo se transformou em um dos animes mais importantes de seu tempo, aparecendo até na nossa lista de animes da década. Após muitos filmes, mangás e light novels, a série está de volta com um novo anime, Magia Record.

Ao mesmo tempo que Magia Record é a nova série do universo de Madoka Magica e traz uma aventura de novos personagens, ela também tem ligações com o anime antigo, dificultando a apreciação por pessoas não iniciadas na jornada de Madoka. Fizemos então esse pequeno guia para explicar essa nova série, o universo e algumas curiosidades deste mundo repleto de bruxas.

O que é Madoka Magica?

Puella Magi Madoka Magica
Reprodução

O anime Puella Magi Madoka Magica foi lançado em 2011, produzido pelo estúdio Shaft (o mesmo da série Monogatari) e conta a história de Madoka, uma garota que ganha a oportunidade de realizar um desejo contanto que lute contra bruxas como uma garota mágica. Ao contrário de outros animes do gênero, como Sailor Moon ou Card Captor Sakura, Madoka Magica tem um lado muito mais... sombrio.

As lutas contra as bruxas ocorrem em uma dimensão perturbadora, em que efeitos de colagem e distorção incomodam o público pela estética, e a trama vai seguindo uma história cada vez mais sinistra, repleta de mortes e situações apavorantes. Madoka enxerga como o mundo das garotas mágicas não é esse glamour todo visto em outros animes, e o final é bem surpreendente.

O anime foi um sucesso muito grande e a partir dali firmou o nome de Madoka Magica na lista de amores dos otakus. A franquia teve uma série de filmes (que recontaram e expandiram a história original), assim como light novels e spin-offs baseados em outras garotas mágicas. Uma infinidade de títulos da série chegou a ser lançada no Brasil pela NewPOP Editora.

Um dos produtos derivados de Madoka Magica foi um jogo de celular chamado Magia Record: Puella Magi Madoka Magica Side Story, a base desta animação de 2020.

Magia Record: Puella Magi Madoka Magica Side Story
Reprodução

A história de Magia Record

Magia Record
Reprodução

A protagonista deste spin-off é Iroha e ela já começa a história sendo uma garota mágica. Assim como as meninas da série original, Iroha se tornou uma garota mágica após fazer um pedido, porém ela não se lembra qual desejo foi esse. Ou seja, assim como no anime original, espere mistérios em cima de mistérios. O grande mote dos personagens desse derivado é a descoberta da existência uma cidade chamada Kamihama, local capaz de "salvar" a garota mágica de cumprir seu objetivo de exterminar bruxas.

Originalmente Magia Record era um jogo de RPG tático, com a presença de uma grande variedade de garotas mágicas. O novo anime deve seguir essa proposta de colocar mais meninas na história. Inclusive Madoka deve aparecer na trama, ou pelo menos a personagem deve ter uma função bem grande devido a sua presença no cartaz do novo anime.

Embora se classifique como um spin-off de Madoka Magica, a animação está longe de ser acessível. Além de todos os mistérios presentes na nova série, não há qualquer esforço para explicar as regras daquele universo mágico para o público. Se você não sabe do que se trata Madoka Magica, desconhece os requisitos para ganhar poderes e não sabe as verdadeiras intenções do pequeno diabo que chamamos de Kyubey, é altamente recomendado que procure a história original primeiro.

Para quem quiser acompanhar esse anime, ele é disponibilizado oficialmente aqui no Brasil pela Crunchyroll, junto com a exibição japonesa. Já o anime de Madoka Magica está no catálogo da Netflix, e os mangás e livros foram lançados no Brasil pela NewPOP Editora.