Donald Trump em O Aprendiz

Créditos da imagem: NBC/Divulgação

Séries e TV

Notícia

Sindicato dos atores dos Estados Unidos estuda expulsar Donald Trump

Presidente teve segundo processo de impeachment levado a votação após incitar invasão ao Capitólio

A cozinha
19.01.2021
20h58

O SAG-AFTRA, sindicato dos atores e de profissionais de rádio e televisão dos Estados Unidos, estuda expulsar o presidente do país, Donald Trump, da entidade, após o político incitar seus eleitores a invadirem o Capitólio, prédio que serve como sede do Congresso e do Senado norte-americanos no último dia 6. Em uma declaração oficial, a presidente do SAG-AFTRA, Gabrielle Carteris, afirmou que “Trump atacou os valores mais sagrados desse sindicato – democracia, honestidade, respeito por nossos compatriotas norte-americanos de todas as raças e crenças e a santidade da liberdade de imprensa” (via Variety).

O ataque, que tentava impedir a confirmação da eleição Joe Biden como presidente dos EUA, deixou cinco mortos e cerca de 50 policiais feridos. Além disso, muitos jornalistas, membros do SAG-AFTRA, também foram atacados. Já aprovado pelo conselho nacional da entidade, o processo de expulsão de Trump ainda será analisado pelo comitê disciplinar do sindicato.

Diretor-executivo do conselho, David White afirmou que as ações de Trump “nos últimos quatro anos fizeram mal aos nossos jornalistas.

Além de uma possível expulsão do SAG-AFTRA, a incitação de Trump para que seus eleitores invadissem o Capitólio, feita em rede nacional, levou o Congresso a abrir o segundo processo de impeachment contra o ex-apresentador de O Aprendiz, algo até então inédito na história dos EUA.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.