San Diego Comic-Con 2020

Notícia

Como seria a Comic-Con se os comunistas tivessem vencido a corrida espacial?

Elenco de For All Mankind especula sobre impacto da realidade da série na cultura pop

A cozinha
22.07.2020
19h10
Atualizada em
22.07.2020
19h37
Atualizada em 22.07.2020 às 19h37

Como seria o mundo se os comunistas tivessem chegado à Lua antes que os Estados Unidos e vencido a corrida espacial? A premissa da série For All Mankind, da Apple TV, foi estendida a todo o universo da cultura pop em um vídeo publicado hoje, no canal oficial da San Diego Comic-Con no YouTube (veja acima).

Se a União Soviética tivesse chegado lá primeiro e, ainda por cima, aumentado significativamente os investimentos nas viagens espaciais, como sugere a série, qual seria o impacto disso numa Comic-Con, acostumada a celebrar quadrinhos, ficção científica e personagens quase sempre ligados ao imaginário norte-americano?

“Se ir à Lua e à Marte fossem parte corriqueira do nosso dia a dia, acho que teríamos procurado algo além em nossos filmes e quadrinhos”, especula Ben Nedivi, roteirista, criador e produtor-executivo de For All Mankind.

“Talvez a Comic-Con fosse algo ainda maior, talvez a gente fosse mais a fundo no lado da tecnologia e seríamos todos supernerds”, viaja a atriz Shantel Van Santen.

“Teríamos algum efeito sobre a temporada original de Battlestar Galactica?”, questiona-se a atriz da série Tricia Helfer. "Provavelmente, sim. Seria um pouco mais sombrio, com mais elementos de corrida e competição.”

A história alternativa atingiria até um clássico do cinema dos anos 80, na visão da atriz Jodi Balfour. “Talvez o ET teria ficado sabendo que os russos estavam mais interessados no espaço do que qualquer outro lugar no mundo e teria escolhido lá para visitar."

E você, o que acha que teria sido diferente? Deixe seus comentários abaixo.

San Diego Comic-Con @Home acontece entre os dias 22 e 26 de julho, tudo pela internet.