San Diego Comic-Con 2020

Artigo

San Diego Comic-Con prova mais uma vez que animação não é coisa só de criança

Evento virtual teve painéis de várias produções, que aumentaram de importância com a pandemia pelo coronavírus

Camila Sousa
26.07.2020
16h13
Atualizada em
29.07.2020
16h01
Atualizada em 29.07.2020 às 16h01

Quando o coronavírus se tornou uma pandemia, filmes e séries precisaram interromper suas gravações, afinal não seria mais seguro para a equipe estar em aglomerações neste momento. Por conta disso, estreias foram adiadas e os fãs começaram a se preocupar: será que, após o lançamento do que já estava gravado, faltariam produções inéditas no cinema e na TV? Enquanto alguns países retomam ao pouco as filmagens, um dos setores que ganhou destaque no momento foi o de animação, que conseguiu continuar funcionando com suas equipes trabalhando em casa.

Por conta disso, algumas séries viram no formato uma solução para ter episódios inéditos, como nos casos de One Day At a Time e The Blacklist, que anunciaram capítulos animados durante o período. Além da vantagem de poder ser feita de casa, a animação também permite muito mais experimentação do que o live-action, recurso utilizado por The Blacklist, que acrescentou alguns toques de quadrinhos em seu episódio especial.

Logo, não é surpresa que as animações sejam destaque na San Diego Comic-Con 2020, que foi realizada de forma online pela primeira vez na história. Canal especializado em animações e celeiro de novas ideias, o Cartoon Network foi um dos destaques, com painéis separados para diferentes temas. O primeiro, nomeado apenas como “novidades do Cartoon”, teve o trailer do novo filme do Ben 10 e imagens do filme de Ursos sem Curso, um dos melhores programas em exibição atualmente no canal.

No dia seguinte, o Cartoon voltou falando sobre sua parceria com o HBO Max para uma minissérie de Hora de Aventura. Encerrado em 2018, o seriado principal teve 10 temporadas e conquistou fãs de todas as idades, mostrando como o Cartoon tem talento para criar desenhos atrativos para crianças e adultos. Intitulada de Distant Lands, a nova minissérie mostra alguns acontecimentos após o término da história, explorando novas possibilidades naquele universo.

E uma das histórias mais aguardadas pelos fãs será contada no segundo episódio, que leva o nome de “Obsidian”. Ainda sem data de lançamento, o material mostrará Jujuba e Marceline em uma jornada na Cidade de Vidro para evitar uma catástrofe. No entanto, no meio de todas as histórias fantásticas - e bizarras - de Hora de Aventura, a série encontrará espaço para falar do relacionamento das personagens que (spoiler) terminaram a série principal como namoradas. Voz original de Marceline em inglês, Olivia Olson afirmou no painel que Marceline precisará se livrar de alguns traumas do passado para seguir sua história com Jujuba. Apesar de não revelar detalhes, a fala indica como o desenho continuará relevante para todas as idades. 

Outra produção do Cartoon e HBO Max que foi destaque na San Diego At Home é Trem Infinito. Além de revelar o trailer da terceira parte da história, o painel teve quase uma masterclass com Owen Dennis, o criador do desenho. Aos 11 minutos e 38 segundos do painel, Dennis explica o conceito de “fotografia de multiplano”, que é quando uma animação trabalha o fundo da cena para que ela pareça o mais natural possível. Assim, ao invés de ter um desenho com o fundo chapado, os fãs percebem o deslocamento do fundo, que é muito parecido com o que temos na vida real. Quem já trabalhou com animação sabe como o processo de dar vida a uma cena leva dias e precisa de uma boa dose de paciência do animador, e o vídeo de Trem Infinito só prova como esse trabalho, apesar de poder ser feito de casa, está longe de ser fácil.

Bastidores da animação Trem Infinito
YouTube/Reprodução

Novo vs antigo

Claro que em uma San Diego Comic-Con não poderiam faltar painéis de animações mais clássicas, como Os Simpsons e Uma Família da Pesada (Family Guy). Enquanto a primeira revelou a prévia de seu tradicional especial de Halloween e anunciou participações especiais para a próxima temporada, Family Guy teve uma divertida leitura de roteiro com o elenco de voz original, que também falou sobre os desafios de gravar as falas dos personagens em casa, uma realidade para vários dubladores durante o período da pandemia.

Mas um dos melhores painéis de animação do evento foi o de Close Enough, outra parceria do Cartoon com a HBO Max. O desenho é de JG Quintel, mesmo criador de Apenas um Show (já encerrado) e mostra de forma divertida a vida de um casal que está se aproximando dos 30 anos e enfrenta problemas típicos da época, como criar os filhos pequenos, etc. 

Cena de Close Enough

Cena da animação Close Enough
Divulgação

Assim como Apenas um Show, Close Enough é claramente inspirada na vida de Quintel, tanto que o protagonista Josh é dublado por ele e tem até um visual parecido. No entanto, isso nem de longe é uma coisa ruim. Aos 8 minutos e 10 segundos de painel, uma cena deixa claro que a série animada tem o objetivo de abordar de forma divertida momentos comuns da vida de muitos jovens adultos, como quando os protagonistas ficam sozinhos sem os filhos depois de anos. Ao invés da idealização do encontro romântico, Close Enough mostra o casal colocando as contas em dia e fazendo compras - tudo pelo olhar único e positivamente bobo do autor.

A liberdade de formatos e narrativas faz com que as animações sejam hoje um dos grandes pilares da cultura pop. Ainda que muitos olhem para o gênero como exclusivamente de crianças, produções como Rick and Morty, BoJack Horseman e a recente (e ótimo) Midnight Gospel mostram que, para quem está disposto a deixar o preconceito de lado, as animações têm muito a acrescentar.

A San Diego Comic-Con @Home acontece entre os dias 22 e 26 de julho, com painéis e anúncios disponibilizados para o público pela internet.