Cinemark e Kinoplex anunciam medidas a serem tomadas com funcionários no RJ

Créditos da imagem: Cinemark/Kinoplex/Divulgação

Filmes

Notícia

Cinemark e Kinoplex anunciam medidas a serem tomadas com funcionários no RJ

Governo do estado fluminense decretou o fechamento das redes de cinema por causa da pandemia do coronavírus

Nicolaos Garófalo
16.03.2020
23h51
Atualizada em
24.03.2020
10h30
Atualizada em 24.03.2020 às 10h30

Dias após o governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel decretar a suspensão de todos os eventos culturais no estado por causa da pandemia do coronavírus, as redes de cinema Kinoplex e Cinemark anunciaram diferentes medidas a serem tomadas em relação aos seus funcionários. Paulo Balmant, presidente do Sindicato dos Empregados de Empresas Teatrais e Cinematográficos do Rio de Janeiro, informou que as franquias ofereceram diferentes planos a seus empregados durante a paralisação causada pelo COVID-19 (via G1).

De acordo com o líder sindical, a Kinoplex adiantou as férias remuneradas de absolutamente todos os seus funcionários, garantindo que todos os seus trabalhadores recebam o salário integral durante o período de paralisação importa pelo governo fluminense. A rede ainda lembrou que 50% de seus estabelecimentos estão no território e que a medida reforça o bom funcionamento da franquia no Rio de Janeiro.

Já a Cinemark ofereceu duas alternativas a seus funcionários: um programa de qualificação a distância, em que os trabalhadores receberão 80% de seu salário líquido enquanto realizam cursos online; ou aderir ao Plano de Demissão Voluntária, no qual os trabalhadores terão garantido o saque do FGTS, mas sem o direito da multa rescisória. Segundo Belmart, a maior parte dos trabalhadores da rede está inclinada em aderir à primeira opção, apesar de serem privados dos direitos de vale alimentação e transporte.

Em São Paulo

Atendendo à recomendação semelhante do governo do estado de São, a cadeia Espaço Itaú de Cinema informou por meio de sua assessoria de imprensa que irá paralisar, a partir desta terça-feira (17), as atividades de suas unidades Augusta, Pompéia e Frei Caneca. Por enquanto, não há data prevista para a reabertura da rede.

Efeito Coronavírus na cultura pop

O COVID-19 é uma nova mutação da família coronavírus que está se espalhando em ritmo alarmante desde dezembro de 2019. A China foi o primeiro país vítima da epidemia, com infecções e mortes confirmadas em todas as suas províncias. Desde então, a presença do vírus foi confirmada em quatro continentes - incluindo a América do Sul, com casos no Brasil, Argentina e Chile.

Filmes como Pedro Coelho 2 e 007 - Sem Tempo Para Morrer tiveram suas estreias adiadas por causa da pandemia. Entre 13 e 15 de março, os Estados Unidos registraram sua pior arrecadação em 20 anos nas bilheterias.