HQ/Livros

Notícia

Stephen King domina entre as HQs mais pedidas em abril nos EUA

The Long Road Home, segunda minissérie de A Torre Negra, bate a marca de 124 mil cópias

Érico Assis
23.04.2008
13h00
Atualizada em
21.09.2014
13h35
Atualizada em 21.09.2014 às 13h35

Stephen King, um dos autores mais vendidos do mercado literário, ajudou a Marvel Comics a liderar os pedidos de quadrinhos em abril nos EUA, segundo dados da distribuidora Diamond Comics. A primeira edição de The Dark Tower: The Long Road Home - segunda minissérie da linha A Torre Negra - alcançou a marca de 124 mil cópias.

A edição, porém, vendeu quase 50 mil cópias a menos que o primeiro número de The Dark Tower: The Gunslinger Born, no ano passado, a primeira mini da linha. Houve uma queda de 7% no mercado de quadrinhos, como um todo, no primeiro trimestre de 2008, em comparação ao mesmo período do ano passado - embora o começo de 2007 tenha sido marcado pelo fim de Guerra Civil, a morte do Capitão América e outros acontecimentos, o que torna a comparação talvez injusta.

dark tower

None
Dark Tower: The Long Road Home

Pela primeira vez em anos, a fatia de mercado da DC Comics, em dólares, baixou de 30% (29,98%, para ser preciso; 32,45% em unidades vendidas). Sua única série no top 10 é Justice League of America, em queda de vendas e de qualidade. A Marvel tem 38,7% do mercado (43,52% em unidades vendidas), mantendo os sucessos de Vingadores, Thor e a nova fase do Homem-Aranha.

Nas coletâneas e graphic novels, o destaque ficou com a edição comemorativa do 20º aniversário de Batman: A Piada Mortal. A edição, recolorizada pelo artista Brian Bolland, vendeu mais de 10 mil cópias a um preço considerável (US$ 17,99) e apesar das polêmicas. Além do sucesso em coletânea de séries como Fables e DMZ, vale notar na lista a presença das histórias universalmente criticadas do Homem-Aranha: Potestade e One More Day.

Confira os 300 gibis e as 100 graphic novels ou coletâneas mais pedidos em janeiro nos EUA.