HQ/Livros

Notícia

O Negrinho do Pastoreio | Nova HQ de André Diniz aborda conto do folclore

É o terceiro álbum do autor que trata da cultura afro-brasileira

Érico Assis
30.04.2012
00h00
Atualizada em
21.09.2014
14h38
Atualizada em 21.09.2014 às 14h38

O sempre produtivo André Diniz já tem uma nova HQ chegando às livrarias: é O Negrinho do Pastoreio, adaptação que ele escreveu e desenhou da lenda do folclore brasileiro.

Diniz, porém, não quis ficar preso à narrativa original, que mostra o garoto escravo como coitado. "Não me conformei com a passividade do personagem da lenda. O meu 'Negrinho' é tudo, menos um coitado. Ele tem personalidade e iniciativa. Tem vaidade, mas abre mão dela em troca do que acha justo, num gesto heroico. Dei ao personagem o tempero que julguei que faltava", declara o autor.

O álbum segue o estilo de desenho que Diniz começou a utilizar em O Quilombo Orum-Aiê e que está em outros trabalhos recentes, como A Cachoeira de Paulo Afonso e O Morro da Favela - todos que, de uma forma ou de outra, lidam com a cultura afro-brasileira.

Confira na galeria um prévia das páginas, com colorização de Marcela Mannheimer. O Negrinho do Pastoreio tem 64 páginas e custa R$ 23.

Leia mais sobre André Diniz