HQ/Livros

Notícia

Morre Keiji Nakazawa, autor de Gen: Pés Descalços

Obra sobre a bomba atômica em Hiroshima vendeu mais de 10 milhões de exemplares

Érico Assis
26.12.2012
12h57
Atualizada em
09.11.2016
09h01
Atualizada em 09.11.2016 às 09h01

Keiji Nakazawa, o mangaká conhecido mundialmente pela obra Gen: Pés Descalços, faleceu na quarta-feira passada, dia 19, em Hiroshima, Japão. A família divulgou o falecimento, devido a um câncer de pulmão, somente esta semana. Nakazawa tinha 73 anos.

Aos 6 anos, o autor e a família testemunharam o bombardeio de Hiroshima pelos EUA em 6 de agosto de 1945, no fim da Segunda Guerra Mundial. Ele perdeu o pai e dois irmãos no dia. Quando começou a trabalhar com mangás, na década de 60, relatou as experiências em várias obras autobiográficas como Kuroi Ame ni Utarete e Ore wa Mita.

Gen: Pés Descalços (Hadashi no Gen) saiu de 1973 a 1986 na Weekly Shonen Jump. As memórias de Nakazawa foram ficcionalizadas para a série, que contém uma forte mensagem antimilitarista. No Japão, a obra foi adotada por escolas, além de ter virado filme e anime. Em 1976, uma organização de voluntários chamada Project Gen formou-se para traduzir a série para outros idiomas.

No Brasil, Gen chegou entre 2000 e 2001 pela Conrad Editora a partir dos quatro volumes originalmente traduzidos pelo Project Gen para o inglês. A Conrad está relançando a obra no Brasil desde o ano passado, agora em sua versão completa com dez volumes, traduzidos do japonês. O quinto foi lançado este mês. Segundo a editora Choubunsha, a obra já foi publicada em mais de dez idiomas e vendeu mais de 10 milhões de exemplares.

Nakawaza estava aposentado desde 2009 devido à diabetes e a um problema de catarata. Descobriu o câncer no pulmão em 2010. Há três anos, quando do relançamento de Gen nos EUA (pela primeira vez na versão completa), o autor declarou que queria presentear a coleção ao presidente Barack Obama para incentivá-lo a impedir a proliferação de armamento nuclear.

Leia mais sobr Gen: Pés Descalços.

GEN

None