HQ/Livros

Notícia

Liga Extraordinária | Alan Moore revela que Harry Potter é o Anticristo

Terceiro volume da saga Século acaba de sair, com a bombástica revelação

Érico Assis
18.06.2012
12h58
Atualizada em
21.09.2014
14h41
Atualizada em 21.09.2014 às 14h41

Acaba de sair nos Estados Unidos e no Reino Unido 2009, o capítulo final da trilogia A Liga Extraordinária: Século. E Alan Moore, querendo ou não, pode ter conseguido uma controvérsia grande o bastante para abafar a amaldiçoada Before Watchmen.

Liga Extraordinária

None

A trama de Século envolve, desde o primeiro capítulo, a Liga Extraordinária tentando impedir o nascimento do Anticristo. O clímax do terceiro volume, segundo as primeiras resenhas - como a do jornal The Independent -, é a batalha contra o Anticristo, que é ninguém menos que Harry Potter.

Mas claro que o garoto mago não é nomeado. Todos os volumes de Liga Extraordinária fazem referência à cultura popular da época em que a história se passa. No caso dos volumes recentes, em que algumas referências ainda são protegidas por direitos autorais, Moore e o desenhista Kevin O'Neill só deixam pistas.

No caso de 2009, há um personagem chamado Thomas Riddle - nome de Voldemort na série de livros de J.K. Rowling -, que entra numa plataforma de trem que fica entre duas outras plataformas na estação King's Cross para chegar a uma escola para crianças e vira o tutor do Anticristo. Para completar a cena, o garoto-Anticristo também solta raios de uma varinha diferente - o próprio pênis.

O Bleeding Cool acompanha a controvérsia na Inglaterra, onde o Independent já utilizou a manchete "Revelação: Harry Potter é o Anticristo!" e o jornal Metro foi de "Harry Potter vira o Diabo em nova graphic novel de Alan Moore".

A Liga Extraordinária: Século: 2009 deve chegar em breve no Brasil. O último volume da trilogia, 1969, foi publicado pela editora Devir apenas três meses após a original. E Alan Moore já anunciou novos projetos com a equipe.

Leia mais sobre A Liga Extraordinária

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.