HQ/Livros

Artigo

GAMEMON – monstrinhos made in Brazil

GAMEMON – monstrinhos made in Brazil

Alexandre Nagado
04.03.2002
00h00
Atualizada em
21.09.2014
13h12
Atualizada em 21.09.2014 às 13h12
Monstrinhos de batalha já deram o que falar e já venderam o que tinham que vender... Será mesmo&qt;&

Depois da ressaca causada por cópias como Digimon, Monster Rancher, Bucky e Medabot, Pokémon (o original) continua firme com novas temporadas a cada ano. Os monstrinhos já não têm a mesma força de antes, pois a novidade passou e houve uma saturação nos meios de comunicação.

Nos quadrinhos, já houve a mal-sucedida tentativa nacional com Brasimon, de Daniel HDR. E não é que mesmo assim, mais uma publicação nacional tenta lançar um novo elenco de monstrinhos lutadores&qt;& O mais novo título a explorar esse filão é Gamemon, da Editora Escala. Preconceitos à parte, o gibi experimental da série Graphic Talent tem qualidades para surpreender os leitores ao apresentar uma trama ágil e bem-humorada, com personagens simpáticas e bem elaboradas.

Nesta aventura de estréia, aparece Théo, um garoto metido a esperto que descobre uma carta mágica que pertencia a seu misterioso avô. Com a carta, pode ser invocado um poderoso monstrinho chamado Pingomon. Uma organização secreta tenta roubar a carta mágica e Théo resolve ir em busca de seu avô para esclarecer o mistério dos Gamemons.

O roteiro e os desenhos ficaram a cargo de Arthur Garcia, já premiado melhor quadrinhista em Portugal e vencedor duas vezes do Troféu Ângelo Agostini como roteirista e desenhista nos anos 90. Versátil ao extremo, Garcia já desenhou Street Fighter (Ed. Escala), Maskman (ed. Abril), Sergio Mallandro (Abril), Blue Fighter (Ed. Trama) e várias outras personagens. Produziu também séries próprias, como Pulsar (Ed. Escala), Cyborg Zeta-7 (Escala), Piratininga (Ed. Vidente) e Daniel – o anjo da guarda (Escala).

A equipe de produção é completada com Silvio Spotti (arte-final) e Alexandre Silva (cores), habituais colaboradores de Arthur. Se o título for bem-sucedido, Gamemon pode gerar uma mini-série ou até uma revista mensal. Vale uma conferida.

Gamemon
Gamemon (série Graphic Talents – no 6)
Lançamento: Editora Escala
Formatinho, com 32 páginas coloridas.
Edição única Preço: R$ 1,50