HQ/Livros

Notícia

DC fala sobre o futuro da HQ de Superman (que inclui nova história de origem)

Desenhistas brasileiros passam a responder em 2009 pelas duas principais super-séries

Érico Assis
28.11.2008
01h00
Atualizada em
14.01.2017
15h04
Atualizada em 14.01.2017 às 15h04

Depois de dizer que Superman deixará a Terra, em suas HQs de 2009, o editor-chefe dos quadrinhos do Universo DC Dan DiDio revelou mais novidades sobre o que aguarda o homem-de-aço no ano que vem: incluindo uma nova série, outro desenhista brasileiro envolvido com os super-títulos e sua origem recontada.

Em entrevista ao Newsarama, DiDio reafirmou que a série Action Comics deixará de trazer histórias do herói em algum ponto de 2009. No seu lugar, entram Flamebird (Águia de Fogo) e Nightwing (Asa Noturna), novas versões de personagens da Era de Prata dos quadrinhos - agora kryptonianos que habitam a Terra. Greg Rucka será responsável pelos roteiros, ao lado do desenhista Eddy Barrows (Novos Titãs).

superman

None
Superman: Secret Origin #1

Barrows e Renato Guedes passam a formar a dupla brasileira que cuida das duas principais super-séries: Action Comics e Superman, respectivamente. Falando nisso, rumores de que James Robinson deixaria os roteiros da segunda foram desmentidos.

Será lançada uma nova série, chamada Superman: New Krypton, escrita por Andrew Kreisberg (roteirista do seriado Eli Stone) e desenhada por Pete Woods. DiDio não comentou sobre o conteúdo da série, mas é meio provável que ela envolva a nova colônia kryptoniana na Terra.

Por fim, Geoff Johns e Gary Frank, a dupla que estava produzindo (com sucesso) Action Comics nos últimos meses, foram destacados para Superman: Secret Origin, uma minissérie que sairá na segunda metade do ano recontando os primórdios de Clark Kent em Smallville. Sim, é mais uma nova origem do personagem.

"As mudanças que John Byrne fez foram importantes e fortes quando ocorreram nos anos 80. Acredito que a origem de Geoff vai deixar esta mesma marca agora, de 2009 em diante", declarou DiDio.

O editor ainda comentou que está "fazendo o impossível" para que a última edição de Final Crisis, o evento DC do ano, saia na última semana de janeiro - definindo um novo status quo para o Universo DC. Se atrasar, a revista atrasa todas as edições de séries DC.

"Sinceramente, as festas de fim de ano e o fato de estarmos trabalhando com criadores de vários países é o motivo de haver alguma hesitação na minha voz. É possível que algo emperre o processo, mas nosso objetivo é garantir que ela saia na última semana de janeiro", disse. A declaração parece indicar que a última informação sobre os desenhos da série - que seriam completados por Doug Mahnke - também já foi por água abaixo, criando mais problemas para o evento mais problemático de 2008 da DC.