HQ/Livros

Notícia

DC Comics anuncia fim das linhas Wildstorm e Zuda

Séries Wildcats, The Authority e Gen13 são canceladas, mas personagens devem voltar no futuro

Érico Assis
23.09.2010
13h23
Atualizada em
15.11.2016
01h05
Atualizada em 15.11.2016 às 01h05

Numa declaração conjunta no blog oficial da DC Comics, The Source, os dois publishers da editora, Jim Lee e Dan DiDio, anunciaram o fim das linhas Wildstorm e Zuda.

A primeira - fundada por Lee originalmente como parte da Image Comics, comprada em 1999 pela DC - publicará seus últimos quadrinhos em dezembro. A Zuda, divisão de webcomics, já estava desativada desde maio. Os títulos e personagens de sucesso das duas linhas, porém, terão continuidade dentro da DC, segundo Lee e DiDio.

Frequência global

None

Universo Wildstorm

None

A Wildstorm funcionava em La Jolla, na Califórnia, mais próxima dos novos escritórios da DC Entertainment. Os empregados da linha serão integrados à divisão digital da DC, com escritório em Burbank, também na Califórnia - dentro da Warner Bros.

Quanto às publicações da linha, séries como Wildcats, The Authority e Gen13 estão canceladas. "Esses personagens precisam de um descanso para redefinir o que os torna singulares e de vanguarda", dizem os publishers. Eles garantem que esses personagens retornarão. HQs baseadas em games, como World of Warcraft e Gears of War, sairão com o selo da DC.

Com exceção de alguns destaques não-ligados à sua linha principal de super-heróis, como Ex Machina, Frequência Global, Planetary e a linha de Alan Moore America's Best Comics, a Wildstorm vinha sofrendo de falta de propósito nos últimos anos. Além disso, a decisão de extirpar linhas também tem a ver com reforçar o nome da DC entre o público - e Hollywood, claro.

Já o fim da Zuda, apesar de não ser explicado, parece ter a ver com outros planos da DC na arena digital, dado a quantidade de funcionários que estão sendo redirecionados. Como qualquer editora baseada em papel, a DC está preparando planos de médio prazo para adaptar-se.