HQ/Livros

Notícia

Blog revela parte do processo por trás de material proibido de Grant Morrison

Um dia ainda veremos Flex Mentallo ser republicado?

Érico Assis
08.02.2010
00h00
Atualizada em
19.12.2016
03h00
Atualizada em 19.12.2016 às 03h00

Em 1996, a dupla Grant Morrison e Frank Quitely - que viria a ficar famosa em Novos X-Men, Grandes Astros: Superman e Batman e Robin - fez a sua primeira colaboração em Flex Mentallo, minissérie em quatro edições da DC/Vertigo. Considerada uma das grandes histórias de Morrison, estrelada por um personagem que criara na série Patrulha do Destino, a minissérie nunca foi republicada, nem em coletânea nem de qualquer outra forma.

O motivo: a Charles Atlas Ltda., empresa que por anos vendeu seu método especial de fortalecimento ("o fracote que virou homem!") nas contracapas de gibis nos EUA, considerou o personagem uma infração de direitos autorais e processou a DC. A editora alegou o direito a paródia e sátira, mas parece ter perdido o caso - pois o personagem nunca mais foi visto, fora em coletâneas da série Doom Patrol.

Flex mentallo

None

O blog Bleeding Cool recentemente teve acesso a um dos documentos do processo, um depoimento do ex-editor-chefe da Marvel Jim Shooter como especialista da área de quadrinhos. Shooter determinou, a partir de uma análise da obra de Morrison, que Flex Mentallo não seria uma paródia.

"Morrison não é, nem é considerado, um escritor de paródias. A história com Flex Mentallo é aventura de quadrinhos surreal padrão, que se encaixa com a representação da Patrulha do Destino e outros super-heróis padrões não-satíricos, não-paródicos. Flex Mentallo não é uma paródia", diz a declaração de Shooter, datada de 2000. O documento completo está disponível no site.

Outros documentos do processo nunca foram revelados, incluindo a decisão judicial. Morrison recentemente comentou em uma entrevista que achava "um saco" Flex Mentallo não estar disponível para novos leitores. Edições da minissérie, hoje raridade, alcançam preços altos no eBay ou por vendedores associados na Amazon (a primeira edição sai por US$ 149,89).

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.