Roma | Indicada ao Oscar, Yalitza Aparicio enfrenta críticas severas no México

Créditos da imagem: Netflix/Divulgação

Filmes

Notícia

Roma | Indicada ao Oscar, Yalitza Aparicio enfrenta críticas severas no México

Atores teriam se organizado para impedir que ela vencesse maior prêmio do cinema mexicano

Mariana Canhisares
21.02.2019
15h16

Atores, diretores e apresentadores no México têm sido críticos severos da indicação de Yalitza Aparicio ao Oscar de Melhor Atriz por seu papel em Roma. A inexperiência dela na indústria - antes do filme, Aparicio era professora da pré-escola - e seu rápido sucesso foram algumas das reclamações deste grupo. Isso sem mencionar os comentários a respeito da sua origem indígena.

De acordo com a BBC, a atriz Laura Zapata definiu a indicação dela como "sorte das feias", enquanto a apresentadora Elsa Burgos escreveu que "ela não atuou". "A atuação de Yalitza é espetacular para que seja nomeada ao Oscar? [...] Ela é assim. Fala assim, se comporta assim, como a Cleo. O Oscar se dá a uma atuação que não tenha nada a ver com você."

A produtora Patricia Reyes, por sua vez, disse que ela não fará carreira disso. "Não é a sua vocação, não é o que ela quer. Mas se [Alfonso] Cuarón continuar a chamá-la para trabalhar, provavelmente será. [...] É um momento, um flash".

O ator Sergio Goyri apareceu em um vídeo reclamando que a Academia teria "indicado uma índia", declaração pela qual pediu desculpas no Instagram. A cantora Yuri fez comentário semelhante. Em entrevista, ela disse estar feliz que a Academia tenha reconhecido "uma pessoa desse tipo", se referindo à aparência de Aparicio. "Muita gente diz que se você está em Hollywood tem que ser muito mexicana, muito bonita e ter um corpaço. E ela é o contrário disso".

Além das declarações públicas, sabe-se que um grupo de atores se organizou para impedir que Yalitza Aparicio vença na categoria de Melhor Atriz do Ariel, o prêmio de cinema mais prestigiado do México.

Sobre as críticas, a Aparicio disse: "comentar sobre esses comentários é dar a eles maior importância. Respeito a opinião de cada um. Eu sempre me alegro com a vitória dos outros, não costumo criticar. Mas todas as opiniões são bem-vindas". Sobre as alusões à sua etnia, ela foi mais dura: "estou orgulhosa de ser uma indígena oaxaqueña e só lamento que haja pessoas que não sabem o significado correto das palavras."

Yalitza Aparicio foi a segunda atriz mexicana na história do Oscar a ser indicada à Melhor Atriz - Salma Hayek foi a pioneira em 2003. Ela disputa a estatueta com Glenn Close (A Esposa), Olivia Colman (A Favorita), Lady Gaga (Nasce Uma Estrela) e Melissa McCarthy (Poderia me Perdoar?).

A entrega do Oscar 2019 acontece no dia 24 de fevereiro, com cobertura completa do Omelete.