Oscar 2019 | As apostas da redação do Omelete

Filmes

Lista

Oscar 2019 | As apostas da redação do Omelete

Quem deve levar os principais prêmios neste domingo?

A cozinha
24.02.2019
11h20

Com a chegada do Oscar também chegam os bolões para tentar acertar quem será premiado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. A redação do Omelete também arriscou os seus palpites.

MELHOR FILME ESTRANGEIRO

Melhor Filme Estrangeiro

Cafarnaum (Líbano)
Guerra Fria (Polônia) | 1 voto (Thiago Romariz)
Never Look Away (Alemanha)
Roma (México) | 8 votos (Fábio Gomes, Aline Diniz, Gabriel Avila, Camila Sousa, Marcelo Hessel, Julia Sabbaga, Mariana Canhisares, Natália Bridi)
Assunto de Família (Japão)

Roma tem tudo para fazer história e premiar a Netflix. Emocionante, visualmente encantador e dolorosamente real, o filme merece esse reconhecimento - Camila Sousa.

Assunto de Família, de Kore-eda, é muito potente embora trate de um assunto meio batido que é o dia a dia de párias sociais e suas relações de afeto; Cuarón deve levar porque seu Roma também é sensível em relação a esses estratos sociais mas tem toda a virtuose o exibicionismo dos planos longos e do preto-e-branco - Marcelo Hessel.

Roma também merece, mas Guerra Fria deveria ganhar já que aposto em Roma levando como Melhor Filme - Julia Sabbaga.

Melhor Animação

Melhor Animação

Os Incríveis 2
Ilha dos Cachorros
Mirai
WiFi Ralph: Quebrando a Internet
Homem-Aranha no Aranhaverso | 9 votos (Fábio Gomes, Aline Diniz, Gabriel Avila, Camila Sousa, Thiago Romariz, Marcelo Hessel, Julia Sabbaga, Mariana Canhisares, Natália Bridi)

A categoria de animação é dominada pela Pixar há anos, mas Homem-Aranha no Aranhaverso será reconhecido, acima de tudo, por trazer um novo olhar sobre como utilizar as ferramentas da animação e mostrar uma história de amadurecimento poderosa e nada óbvia - Camila Sousa.

Homem-Aranha no Aranhaverso sabe muito bem colocar o fan service no centro das atenções mas a serviço de uma dramaturgia e não só para agradar fãs mesmo, e ainda tem toda a questão técnica inovadora; é o filme com potencial de ser o mais influente daqui pra frente, nessa categoria - Marcelo Hessel.

Melhor Documentário em Curta-Metragem

Melhor Documentário Curta-Metragem

Black Sheep | 1 voto (Camila Sousa)
End Game | 4 votos (Fábio Gomes, Thiago Romariz, Julia Sabbaga, Natália Bridi)
Lifeboat
A Night at the Garden
Period. End of Sentence | 3 votos (Aline Diniz, Gabriel Avila, Mariana Canhisares)

Melhor Maquiagem e Cabelo

Border
Vice | 8 votos (Aline Diniz, Gabriel Avila, Camila Sousa, Thiago Romariz, Marcelo Hessel, Julia Sabbaga, Mariana Canhisares, Natália Bridi)
Duas Rainhas | 1 voto (Fábio Gomes)

Vice tem alguns planos em que Christian Bale parece ser Cheney de verdade, e o filme não fica enquadrando isso de um jeito fetichista com jogos de luzes e closes como O Destino de uma Nação, por exemplo; tudo é muito orgânico e desafetado e isso acaba sendo mais um mérito - Marcelo Hessel.

Melhor Roteiro Original

Melhor Roteiro Original

A Favorita | 2 votos (Aline Diniz, Natália Bridi)
Fé Corrompida
Green Book - O Guia
Roma | 5 votos (Gabriel Avila, Thiago Romariz, Marcelo Hessel, Julia Sabbaga, Mariana Canhisares)
Vice | 2 votos (Fábio Gomes, Camila Sousa)

A história de Vice tem muita relação com os americanos, por isso o longa ganhará destaque na premiação, incluindo esta categoria. No entanto, será muito interessante se o prêmio for para A Favorita, que tem uma história cativante e inesperada no mundo da realeza - Camila Sousa.

Correção histórica à parte (é a primeira vez que Paul Schrader, roteirista de Taxi Driver e Touro Indomável, é indicado a um Oscar), Fé Corrompida é um filme muito forte sobre fé e moral, e que sabe muito bem o que quer dizer e como dizer. Deveria ter sido indicado a mais Oscars, então poderoa levar pelo menos este - Marcelo Hessel.

A Favorita pega um gênero dramático batido - os problemas da realeza - e transforma toda pompa em terreno para intriga e muita ironia - além de servir de palco para o trabalho excelente das suas atrizes - Natália Bridi.

Melhor Curta-Metragem

Mehor Curta-Metragem

Detainment
Fauve
Marguerite | 1 voto (Aline Diniz)
Mother | 4 votos (Gabriel Avila, Camila Sousa, Julia Sabbaga, Mariana Canhisares)
Skin | 3 votos (Fábio Gomes, Thiago Romariz, Natália Bridi)

Melhor Curta-Metragem Animado

Melhor Curta animado

Animal Behaviour
Bao | 7 votos (Fábio Gomes, Aline Diniz, Camila Sousa, Thiago Romariz, Julia Sabbaga, Mariana Canhisares, Natália Bridi)
Late Afternoon
One Small Step
Weekends | 1 voto (Gabriel Avila)

 

Neste caso, a Pixar continuará com seu domínio e será merecido. Bao usa um conto simples para falar de um tema profundo e vivido por todos, seja no papel da mãe, ou do filho. Merece muito ganhar - Camila Sousa

Melhor Documentário

Melhor Documentário

Free Solo | 2 votos (Fábio Gomes, Julia Sabbaga)
Hale County this Morning, This Evening
Minding the Gap | 1 voto (Thiago Romariz)
RBG | 4 votos (Gabriel Avila, Camila Sousa, Marcelo Hessel, Natália Bridi)
Of Fathers and Sons | 1 voto (Mariana Canhisares)

O documentário sobre Ruth Bader Ginsburg fez muito barulho na época de lançamento, contando a poderosa história da segunda mulher a chegar na Suprema Corte Americana. A figura de Ginsburg se tornou icônica no último ano e o Oscar será a coroação de tudo isso - Camila Sousa.

Melhores Efeitos Visuais

Efeitos visuais

Vingadores: Guerra Infinita | 8 votos  (Aline Diniz, Fábio Gomes, Camila Sousa, Thiago Romariz, Marcelo Hessel, Julia Sabbaga, Mariana Canhisares, Natália Bridi)
Christopher Robin - Um Reencontro Inesquecível
O Primeiro Homem | 1 voto (Gabriel Avila)
Jogador Nº 1
Han Solo - Uma História Star Wars

Essa categoria é disputada e tem concorrentes inesperados, mas o longa da Marvel deve levar, principalmente pelo trabalho com Thanos e Josh Brolin. Os outros filmes também possuem muita qualidade, mas o trabalho do estúdio neste caso é inédito e merece reconhecimento - Camila Sousa.

O trabalho da criação de Thanos é central para o filme; Guerra Infinita só funcionaria se o vilão passasse verdade em cena - Marcelo Hessel.

Guerra Infinita deve levar, Christopher Robin - Um Reencontro Inesquecível fez ursinhos e brinquedos de pelúcia parecerem reais. Foi a primeira vez que eu vi um filme que os efeitos não destoam nem um pouco da realidade - Julia Sabbaga.

Melhor Edição de Som

Edição de Som

Pantera Negra
Bohemian Rhapsody | 3 votos (Camila Sousa, Julia Sabbaga, Natália Bridi)
O Primeiro Homem | 3 votos (Aline Diniz, Marcelo Hessel, Mariana Canhisares)
Um Lugar Silencioso | 3 votos (Fábio Gomes, Gabriel Avila, Thiago Romariz)
Roma

Embora eu torça para Um Lugar Silencioso, afinal é interessante trabalhar o som quando não pode haver barulho, será muito difícil a Academia não premiar o filme musical nas categorias de som. Além disso, o longa está indo bem nas premiações e deve se destacar aqui novamente - Camila Sousa.

Melhor Mixagem de Som

Mixagem de Som

Pantera Negra | 1 voto (Fábio Gomes)
Bohemian Rhapsody | 3 votos (Aline Diniz, Julia Sabbaga, Natália Bridi)
O Primeiro Homem | 1 voto (Marcelo Hessel)
Roma | 1 voto (Gabriel Avila)
Nasce Uma Estrela | 3 votos (Camila Sousa, Thiago Romariz, Mariana Canhisares)

Melhor Canção Original

Melhor Canção

"All The Stars" - Pantera Negra
"I'll Fight" - RBG
"Shallow" - Nasce uma Estrela | 9 votos (Fábio Gomes, Aline Diniz, Gabriel Avila, Thiago Romariz, Marcelo Hessel, Julia Sabbaga, Camila Sousa, Mariana Canhisares, Natália Bridi)
"The Place Where Lost Things Go", O Retorno de Mary Poppins
"When A Cowboy Trades His Spurs For Wings", The Ballad of Buster Scruggs

A música cantada por Lady Gaga e Bradley Cooper une tanto os anseios da juventude, quanto os medos do amadurecimento. É forte, bem executada e combina totalmente com o filme - Camila Sousa.

Responsável por um dos momentos mais marcantes de Nasce Uma Estrela, "Shallow" é essencial para que se acredite no anunciado nascimento de uma estrela, ao mesmo tempo que serve de prova do alcance e da versatilidade de Gaga - Natália Bridi.

Melhor Trilha Sonora

Melhor Trilha Sonora

Pantera Negra | 5 votos (Fábio Gomes, Gabriel Avila, Camila Sousa, Thiago Romariz, Marcelo Hessel)
Infiltrado na Klan | 2 votos (Mariana Canhisares, Natália Bridi)
Se a Rua Beale Falasse | 1 voto (Aline Diniz)
Ilha dos Cachorros | 1 voto (Julia Sabbaga)
O Retorno de Mary Poppins

Infiltrado na Klan deveria vencer. O tema é muito marcante, e o uso da guitarra dá um peso melancólico perfeito para o filme - Julia Sabbaga.

Melhor Figurino

Melhor Figurino

A Balada de Buster Scruggs
Pantera Negra | 5 votos (Fábio Gomes, Aline Diniz, Marcelo Hessel, Natália Bridi, Julia Sabbaga)
A Favorita | 4 votos (Gabriel Avila, Camila Sousa, Thiago Romariz, Mariana Canhisares)
O Retorno de Mary Poppins
Duas Rainhas

A Favorita não é um filme de época óbvio e o figurino acompanha esse conceito. As roupas são sim grandiosas, mas aqui é ali há detalhes que fazem quase uma chacota de todo esse exagero. Além disso, as mudanças das roupas refletem as mudanças nos personagens e essa personalidade merece ser reconhecida. No entanto, Pantera Negra também fez um grande trabalho com a caracterização de várias tribos diferentes, levando conceitos culturais do mundo real para Wakanda. Se qualquer um dos dois ganhar, será justo - Camila Sousa.

A figurinista de A Favorita, Sandy Powell, é uma força do Oscar, já ganhou três vezes, mas neste ano concorre consigo mesmo (por Mary Poppins) e o trabalho que Ruth E. Carter faz para representar os temas africanos nas roupas de Pantera Negra é notável. Carter também é conhecida por fazer os figurinos de filmes de Spike Lee e ela pode entrar na onda de justiçamento histórico que está acompanhando o nome do cineasta na premiação deste ano - Marcelo Hessel.

Essa é a categoria que Pantera Negra realmente se destaca, o que eles criaram com figurinos de Wakanda é totalmente diferente do resto - Julia Sabbaga.

Ruth E. Carter criou em Pantera Negra um dos visuais mais distintos dos dez anos de Marvel Studios. E o fez sendo fiel aos quadrinhos de Jack Kirby e aos temas africanos necessários ao filme. É algo que salta aos olhos e certamente ficou na cabeça dos votantes - Natália Bridi.

Melhor Design de Produção

Melhor design

Pantera Negra | 5 votos (Fábio Gomes, Aline Diniz, Camila Sousa, Julia Sabbaga, Mariana Canhisares)
A Favorita | 1 voto (Thiago Romariz) 
O Primeiro Homem
O Retorno de Mary Poppins
Roma | 3 votos (Gabriel Avila, Marcelo Hessel, Natália Bridi)

Em uma categoria com tantos competidores fortes, Roma merecia o reconhecimento por contar sua história com um visual simples e verdadeiro. Mas Pantera Negra uniu em tela características culturais importantíssimas e por isso deverá ser premiado - Camila Sousa.

Pantera Negra chega forte nesta categoria,  mas Roma tem todo um projeto de chamar atenção para sua cenografia, sua reconstituição meticulosa e detalhista de espaços sociais da Cidade do México - Marcelo Hessel.

Pantera Negra tem figurinos, maquiagens e tudo nota 10, mas o peso de CGI sempre tira pontos pra mim. A Favorita é um filme maravilhoso de ver e as diferentes locações e cenários não pesam a mão em nada - Julia Sabbaga.

Melhor Montagem

Melhor montagem

Infiltrado na Klan | 3 votos (Thiago Romariz, Marcelo Hessel, Natália Bridi)
Bohemian Rhapsody | 1 voto (Camila Sousa)
A Favorita | 2 votos (Gabriel Avila, Mariana Canhisares)
Green Book - O Guia
Vice | 3 votos (Fábio Gomes, Aline Diniz, Julia Sabbaga)

Tradicionalmente o vencedor dessa categoria se gabarita também para vencer Melhor Filme, e sinto que Infiltrado na Klan corre por fora para levar o prêmio principal. O fato de os demais indicados não serem super fortes também favorece o filme - Marcelo Hessel.

Melhor Fotografia

Melhor Fotografia

Guerra Fria (Lukasz Zal) | 2 votos (Fábio Gomes, Mariana Canhisares)
Roma (Alfonso Cuarón) | 4 votos (Aline Diniz, Marcelo Hessel, Julia Sabbaga, Natália Bridi)
Nasce Uma Estrela (Matthew Libatique)
A Favorita (Robbie Ryan)
Never Look Away (Caleb Deschanel)

Roma existe em função do trabalho de câmera, não só na escolha pelo preto-e-branco mas na atenção para o pictórico, nas panorâmicas laterais que formam uma variedade de "murais", típicos da tradição mexicana em artes plásticas - Marcelo Hessel.

Roma é um filme maravilhoso e singelo, totalmente diferente de A Favorita. Mas a câmera de A Favorita é única, e é um dos principais motivos do filme ser tão bom - Julia Sabbaga.

Melhor Roteiro Adaptado

Roteiro Adaptado

A Balada de Buster Scruggs | 1 voto (Marcelo Hessel)
Infiltrado na Klan | 6 votos (Fábio Gomes, Aline Diniz, Gabriel Avila, Thiago Romariz, Julia Sabbaga, Natália Bridi)
Poderia me Perdoar? | 1 voto (Mariana Canhisares)
Se a Rua Beale Falasse
Nasce Uma Estrela | 1 voto Camila Sousa)

Acho que vai ser o prêmio de consolação do filme dos irmãos Coen, que em outras circunstâncias (se não fosse da Netflix no mesmo ano de Roma, principalmente) estaria gabaritado a concorrer nas categorias mais importantes; A Balada de Buster Scruggs de episódios que acaba formando um painel muito rico sobre desolação e empatia no Velho Oeste - Marcelo Hessel

Melhor Direção

Direção

Spike Lee - Infiltrado na Klan | 1 voto (Marcelo Hessel)
Paweł Pawlikowski - Guerra Fria
Yorgos Lanthimos - A Favorita
Alfonso Cuáron - Roma | 8 votos (Fábio Gomes, Aline Diniz, Gabriel Avila, Camila Sousa, Thiago Romariz, Julia Sabbaga, Mariana Canhisares, Natália Bridi)
Adam McKay, Vice

Já é quase tradição um mexicano levar o Oscar de Melhor Direção e isso deve se repetir esse ano. Cuáron fez um trabalho minucioso em Roma, tirando a melhor atuação da estreante Yalitza Aparicio e colocando os conflitos do país em um pano de fundo poderoso - Camila Sousa.

Alfonso Cuarón tem a seu favor o peso de ter feito muita coisa sozinho em Roma, mas pesa a favor de Spike Lee tanto o Oscar recente do próprio Cuarón quanta a força de Infiltrado na Klan para o momento que se vive hoje nos EUA. Seria o caso também de uma justiça histórica que todo mundo espera, e que aconteceria por um filme digno do prêmio, como aconteceu anteriormente com Scorsese no Oscar de Os Infiltrados - Marcelo Hessel.

Melhor Atriz Coadjuvante

Melhor Atriz Coadjuvante

Amy Adams - Vice | 1 voto (Camila Sousa)
Marina de Tavira - Roma | 1 voto (Thiago Romariz)
Regina King - Se a Rua Beale Falasse | 4 votos (Fábio Gomes, Aline Diniz, Julia Sabbaga, Natália Bridi)
Emma Stone - A Favorita | 2 votos (Gabriel Avila, Marcelo Hessel)
Rachel Weisz - A Favorita | 1 voto (Mariana Canhisares)

Emma Stone está perfeita em A Favorita, fazendo um papel desafiador e diferente de tudo em sua carreira. Mas Amy Adams se destaca muito em Vice e merece ser premiada este ano - Camila Sousa.

Embora as duas atrizes possam dividir votos aí por estarem no mesmo filme, suas atuações são o ponto mais forte e evidente de A Favorita, inclusive é discutível que elas tenham sido colocadas como coadjuvantes e não como protagonistas. Prefiro  Rachel Weisz pela jornada de danação da personagem, embora Emma Stone esteja muito forte e com um sotaque impecável - Marcelo Hessel.

Melhor Ator Coadjuvante

Ator Coadjuvante

Mahershala Ali - Green Book: O Guia | 8 votos (Fábio Gomes, Aline Diniz, Camila Sousa, Marcelo Hessel, Julia Sabbaga, Mariana Canhisares, Natália Bridi, Gabriel Avila)
Adam Driver - Infiltrado na Klan | 1 voto (Thiago Romariz)
Sam Elliot - Nasce uma Estrela
Richard E. Grant - Poderia me Perdoar?
Sam Rockwell - Vice

Mahershala Ali é a alma de Green Book e não será injusto sua vitória. Mas Sam Elliot está perfeito em Nasce uma Estrela, com cenas pontuais e carregadas de emoção. Deveria ganhar com certeza - Camila Sousa.

É o tipo de papel de personagem extrovertido que logo de cara chama atenção para a própria atuação, mas Richard E. Grant em Poderia me Perdoar? segura muito bem e oferece um contrapeso muito forte para Melissa McCarthy. A química dos dois é o forte do filme, assim como a dinâmica dos protagonistas é o forte de A Esposa, mas Jonathan Pryce terminou esnobado nessa - Marcelo Hessel.

Mahershala Ali é maravilhoso, mas não achei que ele está no seu melhor papel, apesar de ser um camaleão. Richard E. Grant surgiu do nada e surpreendeu demais, e seria legal ver a animação dele ganhando um Oscar - Julia Sabbaga.

Melhor Ator

Melhor Ator

Christian Bale - Vice | 4 votos (Fábio Gomes, Gabriel Avila, Thiago Romariz, Marcelo Hessel)
Bradley Cooper - Nasce Uma Estrela
Willem Dafoe - No Portal da Eternidade
Rami Malek - Bohemian Rhapsody | 5 votos (Aline Diniz, Camila Sousa, Julia Sabbaga, Mariana Canhisares, Natália Bridi)
Viggo Mortensen - Green Book:O Guia

Bradley Cooper dificilmente será lembrado em uma categoria tão disputada. Rami Malek chega como favorito após ser reconhecido em outras premiações e Christian Bale também desponta forte por sua caracterização como Dick Cheney. A disputa realmente deve ficar entre os dois - Camila Sousa.

À parte as transformações físicas de Christian Bale, que sempre chamam mais atenção que a atuação, a composição de Cheney é notável também pela discrição, pela impostação de voz. É uma atuação muito forte porque ela primeiro chama atenção pelo exibicionismo da transformação física, mas se consolida pela sutileza da interpretação mesmo - Marcelo Hessel.

Deixo minha indignação se Rami Malek ou Christian Bale ganharem, porque são duas imitações de personagens caricatos - Julia Sabbaga.

Rami Malek está fazendo campanha e é tido como uma "simpatia" nos bastidores. Deve levar por isso - Natália Bridi

Melhor Atriz

Melhor Atriz

Yalitza Aparicio - Roma
Glenn Close - A Esposa | 9 votos (Fábio Gomes, Aline Diniz, Gabriel Avila, Camila Sousa, Thiago Romariz, Marcelo Hessel, Julia Sabbaga, Mariana Canhisares, Natália Bridi)
Olivia Colman - A Favorita
Lady Gaga - Nasce Uma Estrela
Melissa McCarthy - Poderia me Perdoar?

A vitória de Glenn Close será um caso de correção histórica, e é a única coisa que justifica A Esposa como filme - Marcelo Hessel.

Melhor Filme

Melhor Filme

Pantera Negra
Infiltrado na Klan | 1 voto (Marcelo Hessel)
Bohemian Rhapsody | 1 voto (Camila Sousa)
A Favorita
Green Book - O Guia | 1 voto (Thiago Romariz)
Roma | 6 votos (Fábio Gomes, Aline Diniz, Gabriel Avila, Julia Sabbaga, Mariana Canhisares, Natália Bridi)
Nasce Uma Estrela
Vice

Acredito que uma pulverização de votos aconteça entre quem não vota em Roma (por ser Netflix, estrangeiro) e quem não vota em A Favorita (pela pegada de Lanthimos, sua misantropia), e nesse caso Infiltrado na Klan poderia sair no lucro por ser um ótimo filme e que trata de questões prementes dos EUA hoje - Marcelo Hessel.