Filmes

Lista

Oscar 2018 | Confira o desempenho dos principais filmes indicados nas bilheterias

Premiação amplia público de produções pequenas

Natália Bridi
26.02.2018
16h50
Atualizada em
29.06.2018
02h43
Atualizada em 29.06.2018 às 02h43

O Oscar é o prêmio de maior prestígio da indústria hollywoodiana e uma grande plataforma para filmes que fogem dos moldes do circuito comercial. Assim, além de ser uma “prova de qualidade” para os estúdios, o prêmio permite que produções menores e de classificação indicativa restrita cheguem a um grande público, aumentando consideravelmente a bilheteria em torno da possibilidade de receber uma estatueta.

A maior parte dos filmes com pretensões ao Oscar tem uma estreia simbólica para atender ao prazo máximo de qualificação (para ser indicado é preciso que o filme tenha sido exibido em Los Angeles entre os dias 1º de janeiro e 31 de dezembro e ter cópias em 35mm ou 70mm ou digitais de 24 ou 48 quadros por segundo), para expandir o seu circuito na temporada de premiações (começando com o Globo de Ouro). A Forma da Água, por exemplo, estreou em 1ª de dezembro em apenas dois cinemas e foi gradualmente aumentando o seu número de salas, chegando a 2.341 telas em 2 de fevereiro, aproveitando a atenção recebida por suas 13 indicações ao Oscar. Ser lembrado pela honraria da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas é essencial para garantir uma exibição ampla (acima de 600 salas e além do circuito Los Angeles/Nova York) e também ajuda na distribuição dos longas fora dos EUA, reforçando a arrecadação internacional desses filmes.

A seguir, listamos o comportamento dos principais filmes do Oscar 2018 nas bilheterias antes e depois do anúncio das indicações em 23 de janeiro.

Os vencedores do Oscar serão anunciados em 4 de março - saiba mais.

 

Me Chame Pelo Seu Nome | 4 indicações | US$ 28,23 milhões

Com um orçamento de US$ 3,5 milhões, o filme teve sua estreia oficial nos EUA em 24 de novembro, em 4 salas. Aumentou gradualmente o número de telas até expandir moderadamente o circuito uma semana antes do anúncio dos indicados (passando para 815 salas em 19 de janeiro). Antes da revelação das indicações, somava US$ 7,4 milhões em oito semanas em cartaz. Depois de marcar presença no anúncio do Oscar, num total de 14 semanas em exibição, chegou a US$ 15,79 milhões nos EUA. Com mais US$ 12,43 milhões arrecadados internacionalmente, o filme soma US$ 28,23 milhões na bilheteria mundial. 

Trama Fantasma | 6 indicações | US$ 32,84 milhões

Com um orçamento de US$ 35 milhões, o filme estreou em 4 salas em 22 de janeiro e expandiu consideravelmente o circuito após as indicações (1.021 salas em 26 de janeiro e 1.186 salas em 2 de fevereiro). Antes do anúncio do Oscar, somava US$ 6,05 milhões em quatro semanas em exibição. Depois das indicações, chegou a US$ 18,74 milhões em oito semanas em cartaz. Com mais US$ 14,1 milhões na bilheteria internacional, soma US$ 32,84 milhões mundialmente.

A Forma da Água | 13 indicações | US$ 110,76 milhões

Com um orçamento de US$ 19,5 milhões, o filme estreou nos EUA em 1º de dezembro em 2 salas e expandiu consideravelmente o circuito após as indicações (1.854 telas em 26 de janeiro e 2.341 telas em 2 de fevereiro). Antes do anúncio do Oscar, o filme somava US$ 30 milhões nas bilheterias dos EUA depois de oito semanas em cartaz. Após as indicações, em 13 semanas em exibição, chegou a US$ 55,3 milhões no fim de semana que antecede o anúncio dos vencedores. Com mais US$ 55,46 milhões arrecadados na bilheteria internacional, o filme soma US$ 110,76 milhões mundialmente.

Três Anúncios Para um Crime | 7 indicações | US$ 121,15 milhões

Com um orçamento de US$ 12 milhões, o filme estreou nos EUA em 10 de novembro, em 4 salas, e expandiu o circuito diversas vezes (chegando a 1.726 salas em 2 de fevereiro). Até anúncio do Oscar, somava US$ 31,99 milhões em 11 semanas em cartaz. Após as indicações, chegou a um total de US$ 50,12 milhões nos EUA, totalizando 16 semanas em exibição. Com mais US$ 71,02 milhões na arrecadação internacional, o filme chega a um total de US$ 121,15 milhões na bilheteria mundial.

O Destino de Uma Nação | 6 indicações | US$ 135,69 milhõe

Com um orçamento de US$ 30 milhões, o filme estreou em 4 salas em 24 de novembro e expandiu consideravelmente o circuito no início de janeiro (passando para 1.733 telas no dia 5). Antes do anúncio dos indicados ao Oscar, o filme somava US$ 40,79 milhões nas bilheterias em nove semanas em cartaz nos EUA. Após as indicações, em 14 semanas em exibição, chegou a US$ 54,49 milhões. Com mais US$ 81,2 milhões na bilheteria internacional, o filme chega a um total mundial de US$ 135,69 milhões.

The Post - A Guerra Secreta | 2 indicações | US$ 136,84 milhões

Com um orçamento de US$ 50 milhões, o filme estreou em 9 salas em 22 de dezembro e expandiu o circuito duas semanas antes das indicações (passando para 2.819 salas em 12 de janeiro). Antes do anúncio do Oscar, o filme somava US$ 44,75 milhões em cinco semanas em cartaz nos EUA. Após as indicações, num total de 10 semanas em cartaz, chegou a US$ 78,84 milhões no fim de semana antes da premiação. Com mais US$ 58 milhões arrecadados internacionalmente, o filme soma US$ 136,84 milhões na bilheteria mundial.

Corra! | 4 indicações | US$ 255,01 milhões

Depois de passar pelo Festival de Sundance, o filme de US$ 4,5 milhões chegou em 2.781 salas de cinema dos EUA em 24 de fevereiro de 2017, passando a 3.143 telas em 10 de março. Única estreia em grande escala além de Dunkirk entre os indicados a Melhor Filme, o longa chegou a voltar aos cinemas após as indicações, mas em circuito reduzido. No total, fez US$ 176,02 milhões nos EUA e US$ 78,97 milhões internacionalmente, chegando a um total mundial de US$ 255,01 milhões.

Eu, Tonya | 3 indicações | US$ 39,19 milhões

Com um orçamento de US$ 11 milhões, o filme estreou em 4 salas em 8 de dezembro e expandiu gradualmente o circuito até chegar em 1.450 salas em 2 de fevereiro. Antes das indicações, somava US$ 14,5 milhões nos EUA depois de sete semanas em exibição. Após o anúncio do Oscar, chegou a US$ 28 milhões em 12 semanas em cartaz. Com mais US$ 11,1 milhões na bilheteria internacional, o filme soma US$ 39,19 milhões mundialmente.

Lady Bird - A Hora de Voar | 5 indicações | US$ 52,87 milhões

Com um orçamento de US$ 10 milhões, o filme estreou em 4 salas em 3 de novembro e expandiu o circuito duas vezes, a primeira em dezembro (chegando a 1.557 telas no dia 8 e depois diminuindo gradualmente) e a segunda após as indicações ao Oscar (passando de 675 salas em 19 de janeiro para 1.172 telas na semana seguinte). Antes do anúncio do Oscar, o filme somava US$ 39,05 milhões nos EUA em 12 semanas em cartaz. Após as indicações, chegando a 17 semanas em exibição, chegou a US$ 47,27 milhões. Com mais US$ 5,6 milhões na bilheteria internacional, o filme soma mundialmente US$ 52,87 milhões.

Dunkirk | 8 indicações | US$ 525,57 milhões

Com um orçamento de US$ 100 milhões, o filme é o único indicado a Melhor Filme além de Corra! a ter uma estreia em grande escala, começando com 3.720 salas em 21 de julho e chegando a 4.014 telas em 4 de agosto. O filme saiu de cartaz nos EUA em 17 de novembro e chegou a voltar aos cinemas após as indicações, mas em circuito reduzido. No total, somou US$ 188,04 milhões em 18 semanas nos EUA e US$ 337,2 milhões internacionalmente, chegando a um total mundial de US$ 525,57 milhões.

Mudbound | 4 indicações | arrecadação nos EUA não informada pela Netflix

Com um orçamento de US$ 10 milhões, o filme estreou em circuito reduzido para garantir a sua elegibilidade no Oscar 2018 e chegou a expandir o número de salas após as indicações, mas a Netflix, que tem os direitos de distribuição do filme nos EUA, não divulgou nenhum dos números relacionados ao desempenho do longa. Internacionalmente, o filme tem outros acordos de distribuição (no Brasil, a Diamond Films é a encarregada, por exemplo), mas os números totais da bilheteria mundial não foram disponibilizados.