Cena de The End of the F--ing World/Netflix

Créditos da imagem: Netflix/Divulgação

Netflix

Notícia

Produções da Netflix de fora dos EUA são as mais assistidas no Brasil

Séries da Alemanha, Dinamarca e Espanha dominam audiência brasileira no streaming

Nicolaos Garófalo
06.11.2019
19h45
Atualizada em
06.11.2019
19h59
Atualizada em 06.11.2019 às 19h59

Junto com a estreia da segunda temporada de The End of the F**ing World, a Netflix liberou um comunicado afirmando que, no último ano, as principais séries originais da empresa assistidas no Brasil têm origem europeia, dando menos espaço a produções dos Estados Unidos.

Segundo a empresa, Dark (Alemanha), The Rain (Dinamarca), La Casa de Papel (Espanha), The End of the F**ing World e Sex Education (ambas do Reino Unido) dominam a audiência brasileira na plataforma, além das séries nacionais Irmandade e Sintonia. No comunicado, a Netflix informa que o interesse do público do país em atrações de fora do eixo tradicional de Hollywood cresceu cerca de 80% em relação ao consumo registrado em 2018, totalizando 2 milhões de usuários.

Entre outras séries europeias de sucesso da Netflix estão a inglesa The Crown, cuja terceira temporada estreia dia 17 de novembro, e a antologia policial Criminal, gravada na França, Alemanha, Inglaterra e Espanha – confira nossa crítica. No Brasil, a plataforma segue investindo cerca de R$ 350 milhões em novas produções originais nacionais que contam com nomes conhecidos pelo público como Leandro Hassum e Kéfera.