Juiz rejeita processo contra Taylor Swift por plágio em "Shake it Off"

Música

Notícia

Juiz rejeita processo contra Taylor Swift por plágio em "Shake it Off"

Frases similares nas músicas não implicam em violação de copyright, diz

Natália Bridi
13.02.2018
19h34
Atualizada em
13.02.2018
20h01
Atualizada em 13.02.2018 às 20h01

Um juiz federal rejeitou o processo de plágio aberto contra Taylor Swift em setembro de 2017. A cantora era acusada pelos compositores Sean Hall e Nathan Butler de usar a sua canção como base para a criação de "Shake It Off", hit do álbum 1989. A informação é da Variety

Hall e Butler escreveram a faixa “Playas Gon’ Play”, gravada pela banda 3LW em 2001. Para os músicos, a frase de Taylor "Cause the players gonna play, play, play, play, play/ And the haters gonna hate, hate, hate, hate, hate” é semelhante à frase escrita por eles: “The playas gon’ play/ Them haters gonna hate"

Para o juiz Michael W. Fitzgerald, porém, a combinação“Playas gonna play” e “haters gonna hate" não tem orginalidade suficiente para se enquadrar em um caso de proteção de copyright, classificando as frases como banais. 

Hall e Bulter poderm recorrer, mas o juiz aconselhou que a atitude só seria recomendada no caso de encontrarem novas semelhanças. 

Ouça abaixo as duas músicas:

Atualmente Swift divulga Reputation, o sexto álbum da carreira de Taylor Swift - leia nossa crítica.

Leia mais sobre Taylor Swift