Jacidio, who? | Álbum póstumo de Avicii tem 1ª faixa revelada e novas histórias

Créditos da imagem: Divulgação/Avicii

Música

Notícia

Jacidio, who? | Álbum póstumo de Avicii tem 1ª faixa revelada e novas histórias

Conheça os top 10 artistas eletrônicos do chart da Billboard, The Chemical Brothers lança Essential Mix e muito mais

Jacídio Junior
18.04.2019
16h15

Hallo, voltamos! Essa semana tá pesada. Novidades sobre o disco póstumo de Avicii, The Chemical Brothers entregando um Essential Mix do jeito que a gente gosta, mais do mesmo com o TOP 100 da Billboard e o Hot Chip com single novo. Então, pega a cadeira, dá o play no seu set preferido e vem comigo!

1ª faixa póstuma de Avicii é divulgada e pai do artista comenta sobre o processo do disco

TIM, o disco póstumo de Avicii, será lançado no dia 6 de junho e deve contar com 16 faixas selecionadas de forma conjunta entre Universal - a gravadora do DJ -, os artistas envolvidos no processo de produção e a família do artista.

O anúncio veio depois de um período no qual a família e pessoas responsáveis pela obra do artista tentaram entender como realizar o lançamento da obra de forma que as ideias de Tim Bergling (Avicii) fossem mantidas. Por fim, a decisão foi tomada mantendo o número de faixas planejada pelo artista e com toda a renda referente ao disco sendo revertida para uma organização sem fins lucrativos. Assim, depois desse processo, o primeiro single do disco, “SOS”, foi divulgado recentemente e conta com a participação de Aloe Blacc, artista responsável pela voz marcante em “Wake Me Up”.

Como parte da divulgação do novo single, alguns detalhes sobre como andava o processo criativo de Bergling, pouco tempo antes do fato ocorrido em Omã, começam a surgir. De acordo com matéria da Billboard 90% do álbum já estava pronto e para “SOS” Tim tinha como um dos pontos principais trabalhar novamente com Blacc. Ainda como parte da nota veiculada na Billboard, Blacc comenta: “Eu sinto como se ‘SOS’ fosse uma música que estava à frente do seu tempo, quando ele a compôs”, e segue, "Ele escreveu essa letra obviamente sobre alguma de suas batalhas e eu acho que este é um tópico realmente importante para abordar e compartilhar, especialmente por causa de visibilidade que ele tem e seu acesso a ouvidos e corações. Para dar às pessoas as palavras necessárias para que elas possam dizer: ‘Eu preciso de ajuda’”. Ouça “SOS”:

Em conjunto com a nova faixa, também foi disponibilizado um vídeo explicando a história por trás de “SOS” e outro vídeo com entrevistas no qual Klas Bergling, pai de Tim, comenta sobre as tomadas de decisão referentes ao lançamento do disco e tem suas falas intercaladas pela de Per Sundin, diretor geral da Universal para a área nórdica que comenta em determinado ponto: “Não estamos tentando criar os maiores hits já feitos, mas estamos buscando chegar o mais próximo do que Tim queria que esse disco fosse”.

Recentemente, o pai de Tim também comentou sobre alguns fatos que aconteceram na vida do filho após a fama monstruosa e os anos intensos de turnê. Detalhes ainda não abordados, como problemas com remédios para dor que o conduziram a reabilitação e fizeram com que ele tomasse a decisão de deixar de fazer turnê, fizeram parte da conversa. No entanto, como parte da reflexão sobre a história do filho, Klas comenta que as coisas aconteceram como “Se a profissão tivesse raptado nosso filho. Ele estava se cobrando demais”

Atualmente, os pais de Avicii investem seu tempo trabalhando na Tim Bergling Foundation, instituição focada na prevenção do suicídio e também na divulgação de informação sobre como lidar com problemas de saúde mental. No Brasil o CVV – Centro de Valorização da Vida realiza um trabalho de apoio emocional e de prevenção do suicídio, atendendo de maneira voluntária e gratuita todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas, todos os dias.

O TOP 100 da música eletrônica realizado pela Billboard mostra que no topo as coisas continuam as mesmas

Em sua segunda edição, o TOP 100 realizado pela Billboard mantém seu diferencial: Unir o voto popular aos números da parada norte-americana e mundial (condensando streaming, venda de faixas, venda de discos e a presença no rádio), mais os dados referentes a turnês (tamanho de shows, presença em festivais e residências em clubes), para posteriormente jogar toda essa informação nas mãos do time da publicação e só depois chegar ao número final.

O conceito é bem mais interessante do que o do TOP 100 da DJ MAG, o mais famoso, até o momento. Mas o resultado referente aos primeiros da lista acaba ficando no mesmo segmento musical, dominado pelos produtores de EDM e que encabeçam os grandes festivais pelo mundo.

Este ano o top 10 é composto por:

10 - David Guetta
09 - DJ Snake
08 - Tiesto
07 - Diplo
06 - Martin Garrix
05 - Kygo
04 - Zedd
03 - The Chainsmokers
02 - Calvin Harris
01 - Marshmello

A lista completa pode ser acessada aqui.

Por fim, a grande reflexão de toda a dinâmica realizada como parte da ideia da Billboard é a influência que os números norte-americanos têm sobre a avaliação final com nomes como The Chainsmokers sempre na dianteira, por exemplo. Porém, para quem está em busca de conhecer coisas diferentes, dar uma boa passada pelos nomes, ler os reviews que levaram profissionais como Bob Moses, Rezz, Porter Robinson, RÜFÜS DU SOL, entre outros nomes à lista é uma maneira realmente interessante de ampliar os horizontes sonoros.

Set da semana: The Chemical Brothers BBC Radio1 - Essential Mix

Não dá pra negar que alguns nomes da música eletrônica - na arte em geral - dificilmente perdem a mágica, não é verdade? E com o Chemical Brothers não é diferente. O duo de Manchester, na Inglaterra, mesmo já com uma sequência de discos que acabou não chamando tanto a atenção do público e crítica sempre entrega o que há de melhor no entretenimento: Música pegada, intensa e com referências pra dançar sem parar. E assim é a participação da dupla nesse Essential Mix, programa que vem embalado pelo novo disco dos caras; No Geography.

O percurso sonoro dessas quase duas horas mostra a mistura perfeita entre a sonoridade orgânica e a pegada “industrial” que eles sabem bem como usar desde seus primeiros singles. Vale ficar atento ainda a forma como cada música vai sendo encaixadas e mostrando um pouquinho de tudo que eles já fizeram em 30 anos de carreira. É material pra ouvir uma, duas, três, dez vezes só pra manter essa dinâmica muito viva nos ouvidos e no corpo. E você pode fazer isso dando o play abaixo.

Lançamentos e descobertas da semana

Jean-Michel Jarre - “ALL THAT YOU LEAVE BEHIND” (movement 4) (Perturbator Remix)
O DJ/Produtor Perturbator entrega um remix pesado e intenso para “ALL THAT YOU LEAVE BEHIND”, faixa de Jean-Michel Jarre - sem dúvida, um dos nomes mais inventivos da música eletrônica. Perturbator, por sua vez, é considerado uma das referências mundiais do Dark Electro e tem mirado suas atenções para o Brasil e América Latina, há algum tempo. Não dá para negar que esse é realmente um trabalho impactante para quem está em busca de peso.

Sobre o remix, Perturbator contou pra gente, em uma rápida conversa, que retrabalho para Jarre aconteceu de forma muito despretensiosa. “Eu sempre quis trabalhar com JMJ. Sou fã de todo o trabalho dele desde a infância e foi um momento quase surreal, quando o conheci e uma honra saber que ele gostou da minha música”.

Como resultado desse encontro, Perturbator comenta que recriou a faixa que mais gosta do último disco de Jarre, Equinoxe Infinity, e colocou nas mãos de Jarre, para que ele fizesse o que achasse melhor. No final das contas, a faixa ganhou um lançamento oficial e a gente pode curtir o resultado clicando aqui.

D-Nox e ZAC - Passion by Sprout Music

Não dá para que negar que a dinâmica de ouvir música já não é mais a mesma há algum tempo. Afinal de contas, a gente ouve o que quer e quando quer. Com essa dinâmica instaurada, poucas coletâneas surpreendem atualmente e aqui está uma delas: Passion Volume 1.

Realizada pela Sprout Music, a compilação conta com faixas de artistas como Binaryh, Blancah mais uma seleção de artistas brasileiros realizadas por D-Nox e ZAC. Abaixo você vai ouvir uma versão mixada pelo label boss D-Nox que dá ainda mais potência a cada uma das faixas. Pra ouvir é só clicar aqui.

Gesaffelstein & Pharrell Williams - “Blast Off”

Algumas ideias e sonoridades nunca ficam velhas e o francês Gesaffelstein mostra isso da melhor forma com seu novo single “Blast Off”. Entregando um mix de french disco com elementos que lembram (MUITO) seus conterrâneos do Daft Punk, o produtor aposta ainda na voz marcante de Pharrell Williams e já dá pra sentir que a criação nasceu com tempero de pista. Vale conferir o clipe e prestar atenção nos elementos espalhados por ele - os óculos de Pharrell, o deck que brilha em neon entre outras coisas. Agora é clicar e dançar.

Hot Chip - “Hungry Child”

Os ingleses do Hot Chip estão sempre entre os bons nomes que puxam a sonoridade eletrônica para rádios e festivais. Uma banda que mistura - de realmente forma única - elementos eletrônicos e uma pegada pop que instiga a audição, mas sem que tudo fique simples demais. Com “Hungry Child”, primeiro single de seu próximo disco A Bath Full of Ecstasy - com lançamento previsto para 21 de junho - a pegada continua. E claro, o clipe divulgado recentemente garante ainda mais diversão para a sonoridade. Então, clica aqui e vai.

Vamos dançar onde?

Final de semana, do jeito que a gente gosta, muitas coisas bacanas pra fazer. Sons diversos e a certeza de horas se movendo com alegria. Chega mais pra seleção de rolês dos próximos dias.

Na quinta-feira, conhecida como hoje (18) rola mais uma edição da RARA. Dessa vez o line conta com nomes como Craig Richards, Ben UFO, Finalmente, Carrot Green, Ananda e os RARA Djs. A festa acontece no Rio de Janeiro, na Fabrika, Estr. das Furnas, 1805 - Itanhangá. Os ingressos e mais informações você encontra aqui.

Ainda na quinta (18) pra quem estiver em São Paulo, a aposta fica por conta de mais uma bela noite de dança no Orfeu, no centro da cidade. A noite que começa às 23h59 tem a promessa de boas horas de música capitaneadas por Gui Scott & Gabriel Schettini. As entradas podem ser compradas na hora e todas as informações que você precisa estão aqui.

No sábado (20) o grande negócio é colar na festa Selvagem apresenta: Matias Aguayo, Leeon e Amanda Mussi. Selvagem, com Trepanado no comando, retorna à São Paulo colocando atrás dos decks uma seleção incrível de DJs da América Latina e a noite promete ser das melhores. A festa acontece na Vila dos Galpões, Rua Palmorino Mônaco 540, a partir das 23h. Tudo que você precisa saber está bem aqui.

Final de semana na medida para quem quer dançar muito com a certeza de que o DJ realmente tá atento à pista. Por hoje é só, nos vemos em breve. Bebam água e até mais.