Divulgação/Eli Iwasa/Bill Ranier

Créditos da imagem: Divulgação

Música

Notícia

DGTL São Paulo | Eli Iwasa dá 6 dicas certeiras para quem vai curtir o festival

A DJ retorna ao evento, que acontece neste sábado (4), para uma apresentação inédita com Valesuch

Jacídio Junior
02.05.2019
15h52

Pelo terceiro ano consecutivo o festival holandês DGTL (lê-se digital) desembarca em São Paulo. Mais uma vez entregando um lineup que conta com nomes emblemáticos da House Music e do Techno, com artistas como Bonobo, Paula Temple, Richie Hawtin, Amelie Lens, Marcel Dettmann, Jeff Mills, entre outros, esse é um dos principais eventos do calendário da música eletrônica do país.

O DGTL inicia as apresentações divididas em três palcos (Modular, Frequency e Generator) a partir das 16h, e tem como um dos destaques a intenção de entregar uma experiência sonora imersiva em conjunto com a preocupação ambiental, já que nenhum tipo de alimento de origem animal é comercializado no espaço no qual o evento acontece - saiba mais.

E claro, os artistas brasileiros também são destaque nessa mistura sonora que compõe o festival, com nomes como Gop Tun DJs, Vermelho entre outros. Um dos destaques do dia fica por conta da apresentação de Eli Iwasa - em sua segunda passagem pelo DGTL São Paulo - em um b2b inédito com Valesuch, no palco Modular, a partir das 18h.

Eli tem uma longa experiência selecionando faixas e dançando em algumas das principais pistas do Brasil e do mundo, isso faz com que ela seja uma das pessoas mais indicadas para dar dicas para quem vai curtir o festival e tem como meta sobreviver a intensa maratona de shows. Tá curioso? Vem com a gente!

Chegue cedo

O DGTL é um dos festivais que mais trouxe mulheres para seu line up, reunindo artistas que atuam em diversas frentes, e que contribuem intensamente para a cena de seus países com sua música, eventos e selos. Vale muito a pena chegar cedo para curtir o evento desde o comecinho, prestigiar o trabalho de nomes como a colombiana Julianna, Amanda Mussi, Frontinn, e claro, meu b2b com Valesuchi, e já embalar para as atrações internacionais que aparecem nas primeiras horas de festa.

Se você gosta de techno, uma dica/intimação

Penso que toda pessoa que gosta de música eletrônica tem a obrigação de conferir Jeff Mills. Por ter definido o techno de Detroit, por sua habilidade impressionante nos decks, por ter inspirado tanta gente, por sua música que atravessou os anos soando atual como todo grande clássico, por serem raras as apresentações de Mills no Brasil, e principalmente, por valores inabaláveis em relação à sua música e sua ética de trabalho. O DGTL está te dando a oportunidade de ver uma lenda ao vivo.

Fique até o final

Como se não bastasse o lineup impressionante do festival, este ano eles inovaram com um afterhours que não ficou devendo em nada para a programação principal. Vou ver novamente o MInd Against com certeza - os queridos irmãos Fognini são grandes favoritos meus -  e finalmente, conferir o live do Henrik Schwarz pela primeira vez. E mais, depois de tanto tempo sem vir ao Brasil, a gente merecia dose dupla do super versátil e talentoso Kink, que volta pro after para um raro DJ set.

Ouvidos e mentes abertos

Lógico que é maravilhoso dançar ao som de grandes nomes que você ama e acompanha seu trabalho, mas aproveite para conferir aqueles artistas com que você não é tão familiarizado. Uma das coisas mais legais de um festival deste porte e com esta entrega artística é ter a chance de se surpreender com DJs que você não conhecia, ou ficar desesperado atrás de uma música nova que ouviu.

Organize sua timeline

Com tantas grandes atrações, é importante organizar os horários de todos os sets que você quer conferir - sempre dá para ver todo mundo que gosta. Eu faço uma cola no papel ou no celular, e super dá certo, porque é fácil se perder entre tantos nomes importantes.

Cuide de si e dos outros

Em um evento de tantas horas, é importante se alimentar bem antes de ir, e sim, manter-se hidratado durante toda a festa. É fácil esquecer quando você está se jogando na pista, mas nada de queimar a largada, e perder a diversão toda porque esqueceu de comer ou beber água. E muito importante: cuidem de seus amigos e dos outros, porque todo mundo está ali compartilhando algo especial juntos, fazendo parte de uma mesma história. Nos vemos lá.

A terceira edição do DGTL São Paulo acontece neste sábado, 4 de maio, existem ingressos disponíveis e as informações sobre o evento você encontra aqui.