Loki em Vingadores: Guerra Infinita

Créditos da imagem: Vingadores: Guerra Infinita/Marvel Studios/ Reprodução

Filmes

Notícia

Vingadores: Guerra Infinita | Roteiro dependia da conclusão de Ragnarok

Roteiristas precisavam saber como o filme do Deus do Trovão acabava

Natália Bridi
31.07.2018
22h56
Atualizada em
31.07.2018
23h39
Atualizada em 31.07.2018 às 23h39

O início de Vingadores: Guerra Infinita mudou diversas vezes. Além do trecho cortado do roteiro original que mostraria a batalha de Thanos pela Joia do Poder em Xandar (leia mais), os roteiristas Stephen McFeely e Christopher Markus explicam nos comentários em áudio da versão digital do filme que dependiam da conclusão de Thor: Ragnarok para definir o começo da sua história. 

"Começamos o roteiro em janeiro de 2016...O roteiro de Ragnarok não existia. Existem diversos estágios de desenvolvimento então a primeira cena do filme mudou muito. Até descobrirmos que eles terminariam em uma viagem de fuga de uma Asgard destruída, não sabíamos onde Thanos encontraria Loki", explica McFeely.  O encontro entre o deus da trapaça, o titã louco e a Joia do Espaço era uma exigência do time criativo para Guerra Infinita, mas os roteiristas tinham apenas rascunhos da ideia: "Queríamos que Thanos viesse até Loki...tínhamos esboços do encontro em diversos locais", completa Markus. 

Vingadores: Guerra Infinita chegou hoje ao formato digital e será lançado em Blu-ray em 14 de agosto. Vingadores 4 tem estreia marcada para 2 de maio de 2019.