Filmes

Notícia

Dave Bautista diz achar "repugnante" trabalhar na Disney sem James Gunn

Ator é questionado sobre o futuro sem o diretor

Julia Sabbaga
06.08.2018
07h38
Atualizada em
06.08.2018
20h19
Atualizada em 06.08.2018 às 20h19

Em conversa com fãs no Twitter, Dave Bautista foi questionado sobre o seu futuro na Disney após a demissão de James Gunn. O ator, que saiu em defesa do diretor mesmo antes da carta aberta de todo o elenco de Guardiões da Galáxia (veja aqui), disse achar "repugnante" trabalhar com o estúdio:

Guardioes da Galaxia

Guardioes da Galaxia
Marvel Studios/Divulgação

"Eu farei o que eu estou obrigado a fazer, mas Guardiões sem James Gunn não é o que eu concordei. Guardiões sem James Gunn simplesmente não é Guardiões da Galáxia. Eu também acho bem repugnante trabalhar com alguém que deu poder para uma campanha suja de cybernazis fascistas. É isso que eu acho". 

James Gunn foi demitido da direção de Guardiões da Galáxia Vol. 3 após o resgate de antigos tweets, que faziam piadas com estupro e pedofilia (leia mais). O diretor se pronunciou sobre a demissão, dizendo compreender as decisões do estúdio e pedindo desculpas por mensagens ofensivas - leia mais.

A Marvel Studios ainda não se pronunciou sobre as alterações na produção de Guardiões da Galáxia Vol. 3, que deveria iniciar filmagens no fim do ano. O longa tem previsão de lançamento em 2020.