Filmes

Artigo

O que o Capitão América veria na Joia da Alma em Vingadores?

Vamos especular como seria o momento de cada vingador dentro da Joia do Infinito

A cozinha
21.05.2020
15h23
Atualizada em
21.05.2020
15h46
Atualizada em 21.05.2020 às 15h46

De todas as Joias do Infinito, a da Alma é a mais misteriosa de todas. Para adquiri-la é necessário um sacrifício (uma alma por uma alma) e, depois dos estalos de dedos com a Manopla, alguns personagens "entram" dentro dela e veem coisas diferentes. Thanos viu a versão criança de Gamora; Tony Stark veria sua filha, Morgan, adulta e Bruce Banner teria uma conversa com o Hulk. Nesta série especial, vamos especular o que outros personagens veriam na joia, começando pelo Capitão América.

Para começar a falar sobre a Joia da Alma, é importante considerar que o portador provavelmente vê a imagem de alguém que não está no mesmo plano. Ou seja, quem estala os dedos tem grandes chances de ver alguém que já morreu, está no futuro, ou algo do gênero. Dessa forma, dificilmente Steve Rogers veria Bucky, por exemplo, já que seu amigo estava vivo antes do primeiro estalo de Thanos.

Tirando essa possibilidade, existem outras duas que combinam com a jornada do Capitão no MCU. A primeira é o Dr. Erskine. O criador do Soro do Super Soldado e de Steve Rogers como conhecemos hoje foi uma das primeiras pessoas a ver o potencial de Steve. Se Erskine não tivesse acreditado que aquele garoto magricela poderia fazer a diferença, talvez o mundo não tivesse conhecido o Capitão América.

A segunda possibilidade não poderia ser outra além de Peggy Carter. Quando foi congelado no passado, Roger estava pensando na agente e, desde que acordou no presente, nunca mais conseguiu se conectar daquela forma com outra pessoa. Apesar de ter encontrado outros nomes importantes em sua jornada, como a Viúva Negra e o Falcão - para quem passa o manto do Capitão ao final de Ultimato - nada jamais chegou perto da ligação com Peggy.

Ela sempre apoiou Steve, desde que ele era um garoto franzino, e esteve com ele em vários momentos difíceis no exército. A relação foi tão forte que o Steve Rogers do presente visitou a idosa Peggy Carter no hospital e carregou seu caixão quando a notícia chegou. Peggy é uma figura constante dos pensamentos do Capitão e era sua que trazia esperança para o herói em momentos de dificuldade.

Após o estalo, Steve e Peggy se encontrariam dentro da joia, ele finalmente faria sua declaração e a convidaria para aquele dança que ficou pendente no passado. 

Confira também nosso vídeo sobre o tema acima.