Filmes

Artigo

Homem-Aranha: Longe de Casa e o Multiverso no MCU

Longa entra em cartaz em julho

Fábio de Souza Gomes
14.05.2019
21h00

O trailer de Homem-Aranha: Longe de Casa revelou que o futuro da Marvel no cinema contará com um multiverso. Logo no meio do vídeo, Nick Fury revela que o Mystério interpretado por Jake Gyllenhaal veio de uma Terra paralela e o conceito abre espaço para que personagens do Universo Teioso produzido pela Sony também sejam aproveitados no MCU de alguma maneira.

Para entender como esse encontro pode funcionar, primeiro é preciso entender porque há uma separação do Universo do Aranha e o Universo Marvel. No fim dos anos 90 – antes da Disney comprar a Marvel - os direitos dos personagens ligados ao herói foram vendidos para a Sony que, nos anos 2000, realizou a trilogia protagonizada por Tobey Maguire e depois mais dois filmes com Andrew Garfield. Após O Espetacular Homem-Aranha 2 – A Ameaça Electro decepcionar na bilheteria, a produtora chegou a um acordo com a Disney para “dividir” o herói no cinema. Com isso, ele poderia aparecer nos filmes do MCU e, ao mesmo tempo, a Sony continuaria fazendo filmes de personagens ligados ao herói.

Foi assim que Venom foi produzido e, no ano passado, foi um sucesso inesperado ao arrecadar mais de US$ 800 milhões na bilheteria mundial, encaminhando uma sequência e o início de um possível universo de heróis ligados ao Amigão da Vizinhança – uma vez que Morbius teve sua produção iniciada este ano.

Com a confirmação da existência de Universos Paralelos é possível que o Universo criado pela Sony seja uma dessas Terras Paralelas e, então, seria possível um encontro entre o Teioso e Venom no cinema.

Por enquanto nada ainda foi confirmado, mas o novo trailer abre espaço para que os principais rivais do herói também apareçam no MCU. Confira acima nosso OmeleTV sobre o tema.

Homem-Aranha: Longe de Casa será o primeiro filme do Marvel Studios depois de Vingadores: Ultimato. A estreia está marcada para 4 de julho.