JBC anuncia reajustes nos valores de mangás em 2022; confira títulos afetados

Créditos da imagem: Os Cavaleiros do Zodíaco - Saintia Sho é um dos títulos afetados por reajuste (Reprodução)

Mangás e Animes

Notícia

JBC anuncia reajustes nos valores de mangás em 2022; confira títulos afetados

Os Cavaleiros do Zodíaco, Ultraman, My Hero Academia e mais estão na lista

Caio Coletti
12.01.2022, às 17H00

Editora JBC anunciou hoje (12) que uma parte dos mangás que publica no Brasil passarão por aumentos de preço em 2022, incluindo títulos populares como Os Cavaleiros do Zodíaco, Ultraman, My Hero Academia e mais. Confira a lista completa:

  • Os Cavaleiros do Zodíaco - Saintia Sho 15 (R$ 29,90 → R$ 33,90)
  • Fruits Basket Edição de Colecionador 10 (R$ 59,90 → R$ 62,90)
  • Ultraman 15 (R$ 22,90 → R$ 29,90)
  • Kamen Rider Kuuga 2 (R$ 49,90 → R$ 52,90)
  • Overlord Mangá 9 (R$ 29,90 → R$ 34,90)
  • That Time I Got Reincarnated as a Slime 11 (R$ 29,90 → R$ 33,90)
  • A Heroica Lenda de Arslan 13 (R$ 29,90 → R$ 34,90)
  • Edens Zero 14 (R$ 29,90 → R$ 34,90)
  • UQ Holder 23 (R$ 29,90 → R$ 33,90)
  • Cardcaptors Sakura - Clear Card 9 (R$ 30,90 → R$ 35,90)
  • Hokuto no Ken 13 (R$ 48,90 → R$ 52,90)
  • Dead Dead Demon’s Dededededestruction 3 (R$ 32,90 → R$ 36,90)
  • Vigilante - My Hero Academia Illegals 13 (R$ 29,90 → R$ 33,90)
  • My Hero Academia 31 (R$ 29,90 → R$ 33,90)
  • Death Note Black Edition 1 (reposição) (R$ 44,90 → R$ 49,90)
  • Blue Exorcist 25 (R$ 29,90 → R$ 33,90)
  • Chi’s Sweet Home 4 (R$ 52,90 → R$ 54,90)
  • Silver Spoon 3 (R$ 29,90 → R$ 34,90)

Em contrapartida, outros títulos terão seus preços mantidos, como Saint Seiya - The Lost Canvas, Platinum End, A Princesa e o Cavaleiro, Inuyasha, Hunter X Hunter e Fullmetal Alchimist.

No comunicado enviado à imprensa, a JBC explica que os reajustes acontecerão por causa da crise econômica provocada pela pandemia de coronavírus.

"A alta do dólar, entraves na importação e fornecimento de insumos e aumento nos custos de produção e distribuição - tudo isso impacta diretamente nos valores de licenciamentos, preços dos papéis e demais matérias-primas, em porcentagens que nem sempre a Editora consegue absorver", diz o texto.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.