Foto de Lollapalooza Brasil

Créditos da imagem: Lollapalooza Brasil/Denis Ono/Divulgação

Música

Lista

Lollapalooza | As bandas nacionais que roubaram a cena

Festival de 2019 ficou marcado por grandes shows brasileiros

Julia Sabbaga, Jacidio Junior e Mariana Canhisares
07.04.2019
19h33
Atualizada em
08.04.2019
13h02
Atualizada em 08.04.2019 às 13h02

O line-up do Lollapalooza pode ter chamado atenção por seus nomes gigantes e estrangeiros, como Kendrick Lamar, Arctic Monkeys e Twenty One Pilots, mas quem compareceu nos três dias do festival percebeu que o ano foi marcado por shows memoráveis de atos brasileiros. Não apenas o Tribalistas, um dos “quase-headliners”, fez um show perfeito, como bandas escaladas para abrir cada um dos dias também deram tudo de si.

Confira abaixo alguns dos nomes nacionais que roubaram a cena no Lollapalooza 2019:

Molho Negro

O Molho Negro foi um dos primeiros artistas a tocar no Lollapalooza de 2019, mas o horário cedo não impediu que os roqueiros do Belém do Pará reunissem uma multidão de headbangers que ja abriram o festival com moshpit. O grupo ganhou novos fãs, empolgados com o bom humor das letras, e impressionados com a boa vontade do vocalista João Lemos, que cantou o fim do show do meio da plateia (leia mais).

Scalene

A banda de Brasília já não é mais uma novata nos lineups dos festivais brasileiros e essa experiência ficou evidente nessa edição do Lollapalooza. Mesmo enfrentando problemas técnico durante a apresentação no Palco Budweiser, a Scalene foi capaz de imprimir seu peso e trabalhar muito bem a alternância da atmosfera de suas faixas, mantendo o público conectado durante todo o tempo. Sem dúvida, mais um dos nomes nacionais que facilmente poderia estar entre os headliners do Festival (leia mais).

Tribalistas

O Tribalistas pode ter sido deixado pra baixo no line-up após a adição do Kings of Leon, mas o que o trio nacional apresentou no Palco Budweiser poderia muito bem ter fechado a noite. Foi um show muito bonito de ver, cheio de luzes e brilhos, e muito carisma de Marisa Monte, Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown, que marcou como um dos mais animados do palco principal este ano (leia mais).

Duda Beat

O pop dançante da Duda Beat foi um dos momentos mais animados do Lollapalooza, que com hits, coreografias e vários dançarinos no palco, foi um show de uma popstar completa. Duda pareceu surpresa ao ver tanta gente na frente do palco para um show no início do dia, mas rapidamente percebeu o tamanho de sua legião de fãs, que cantou músicas do começo ao fim, e entregou um show perfeito (leia mais).

Liniker e os Caramelows

Liniker e os Caramelows subiu ao palco do Lollapalooza para retomar um show que acabou interrompido no ano passado devido a uma falha de som. Ainda bem que voltaram, porque o grupo apresentou para uma multidão de fãs muito maior, e aproveitou a qualidade de som para trazer as músicas do recém-lançado álbum Goela Abaixo. A líder da banda pareceu emocionada por fazer um show realmente impecável e pela resposta de um público gigante, que apreciou cada minuto do show (leia mais).

Aláfia

O show do Aláfia botou o dedo na ferida ao apontar as desigualdades sociais do Brasil ao mesmo tempo que entregou um mistura de ritmos original, dançante e efetivamente surpreendente num festival que, por vezes, pode ser muito homogêneo. Com um clima crítico, mas também para cima, a banda foi uma das melhores atrações deste ano, sem dúvidas (leia mais).

BK’

Em uma edição que trouxe Post Malone e Kendrick Lamar como representantes do rap entre os headliners, o carioca BK’ não fez por menos. Pelo contrário. Junto com Juyè, JXNVS, Luccas Carlos e Drik Barbosa, ele mostrou a força das rimas de Gigantes, seu último álbum, e empolgou o público no palco Budweiser, que acompanhou o rapper a cada música cantando, pulando e até fazendo moshpit.

Letrux

Apresentando as músicas do seu álbum, Letrux Em Noite de Climão, a cantora carioca angariou uma legião de fãs em frente ao Palco Adidas, representando muito bem o poder da música nacional independente. Faixas como “Ninguém Perguntou de Você” tiveram muito coro e muito pulo, e a postura de roqueira da cantora deixou muita gente pasma (leia mais).

Gabriel O Pensador

Gabriel, O Pensador foi um dos artistas brasileiros que mais reuniu gente nesta edição do Lollapalooza. Uma legião de fãs, reunida até o fim da grama no Palco Onix, entrou em um clima consensual de nostalgia, cantando faixas como “Cachimbo da Paz”, mas também celebrou a música brasileira em geral com covers de Charlie Brown Jr. e Legião Urbana (leia mais).

IZA

Um dos grandes nomes da música pop nacional, IZA mostrou que tem tudo para ser uma das nossas grandes divas. Cantando desde “Pesadão” com Marcelo Falcão até covers de Natiruts e Lady Gaga, a artista carioca botou todo mundo para rebolar no palco Adidas e cantar a plenos pulmões. Quem assistiu, definitivamente não se arrependeu (leia mais).