Liminar que proibia manifestação política no Lollapalooza é revogada

Créditos da imagem: Imagem do show do Fresno no Lollapalooza 2022 (Camila Cara/Divulgação)

Música

Notícia

Liminar que proibia manifestação política no Lollapalooza é revogada

Ministro que concedeu a liminar se defendeu de acusações de censura

Omelete
2 min de leitura
Caio Coletti
29.03.2022, às 17H00

A liminar que proibia a manifestação política dos artistas que se apresentavam no palco do Lollapalooza 2022 foi oficialmente revogada, na noite de ontem (28), pelo mesmo ministro que a concedeu no domingo (27), Raul Araújo, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Segundo a Agência Brasil, o ministro se defendeu das acusações de censura no texto que efetivou a revogação, dando a entender que o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, apresentou o caso de forma enganosa a ele.

Ressalto que a decisão anterior foi tomada com base na compreensão de que a organização do evento promovia propaganda política ostensiva estimulando os artistas", escreveu Araújo. "Os artistas, individualmente, [...] têm garantida, pela Constituição Federal, a ampla liberdade de expressão.

A decisão do ministro foi tomada após o PL ter acionado o TSE em razão de manifestações políticas das artistas Pabllo Vittar e Marina, nos shows de sexta-feira (25). A drag queen brasileira desfilou pelo palco com uma bandeira com o rosto do ex-presidente Lula (PT), enquanto a popstar galesa mandou o presidente "se f*der".

A liminar previa uma multa de R$ 50 mil para os artistas que se manifestassem a favor de qualquer candidato durante os shows no Lolla. Na prática, no entanto, a liminar não surtiu efeito, visto que o TSE não conseguiu notificar formalmente a organização do festival antes dos shows de domingo por causa de erros na petição inicial.

As apresentações do último dia do Lollapalooza tiveram muitas manifestações contra Bolsonaro: artistas como FresnoDjongaMarina Sena, Marcelo D2Gloria Groove falaram direta ou indiretamente sobre a edição do TSE e as eleições do fim do ano.

O Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Acompanhe a gente também no Youtube: no Omeleteve, com os principais assuntos da cultura pop; Hyperdrive, para as notícias mais quentes do universo geek; e Bentô Omelete, nosso canal de animes, mangás e cultura otaku.

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.