Filmes

Notícia

Douglas Slocombe, diretor de fotografia de Indiana Jones, morre aos 103 anos

Britânico trabalhou nos três primeiros filmes da franquia

Bruno Silva
22.02.2016, às 19H37
ATUALIZADA EM 29.06.2018, ÀS 02H40
ATUALIZADA EM 29.06.2018, ÀS 02H40

Douglas Slocombe, diretor de fotografia britânico que trabalhou nos três primeiros filmes da franquia Indiana Jones, morreu nesta segunda-feira (22) aos 103 anos. A informação é da AFP.

None

Slocombe foi indicado três vezes ao Oscar, por Viagens com Minha Tia (1973), Julia (1979) e Indiana Jones e Os Caçadores da Arca Perdida (1982) - neste último, o britânico ficou famoso por não ter utilizado um exposímetro (aparelho medidor de luz) durante as gravações.

Nascido em 10 de fevereiro de 1913 erm Londres, mas criado na França, Slocombe voltou ao Reino Unido em 1933 e gravou cenas da Segunda Guerra Mundial que foram utilizadas por Alberto Cavalcanti em documentários. Seu primeiro crédito de fotografia foi no longa de propaganda da guerra The Big Blockade, de 1942, em parceria com Wilkie Cooper.

Daí, Cooper trabalhou em diversas comédias do Ealing Studios e depois passou a trabalhar em Hollywood. Além de Indiana Jones - cujo terceiro filme, A Última Cruzada, foi seu último trabalho no cinema -, o britânico também trabalhou em Jesus Cristo SuperstarO Grande GatsbyRollerballO Leão no Inverno, entre outros filmes.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.