Homem-Aranha 3 terá campanha de melhor filme para o Oscar 2022

Créditos da imagem: Cena de Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa (Reprodução)

Filmes

Notícia

Homem-Aranha 3 terá campanha de melhor filme para o Oscar 2022

Tom Holland e produtores contaram porque acreditam que o longa merece a indicação

Caio Coletti
24.12.2021
10h48

Marvel e a Sony vão investir em uma campanha de melhor filme para Homem-Aranha: De Volta Para Casa no Oscar 2022. O astro Tom Holland e os produtores Amy Pascal, Kevin Feige Tom Rothman conversaram com o THR sobre a estratégia e os argumentos pela indicação do longa na categoria.

A ideia é seguir todos os passos que outras produções seguem ao articularem suas campanhas de Oscar: incluir o filme no serviço de streaming exclusivo para membros da Academia, mas também oferecer ingressos de graça para os votantes que quiserem assistir ao longa nos cinemas do país; colocar anúncios pagos em publicações da indústria e outdoors por Los Angeles; fazer sessões exclusivas para membros da Academia, com a presença da equipe do filme e sessões de perguntas e respostas; e por aí vai.

Holland e cia. estão cientes, no entanto, que Sem Volta Para Casa vai enfrentar uma Academia que só indicou um filme de super-herói até hoje - o marco cultural que foi Pantera Negra - para a categoria principal do Oscar. Eles argumentam, no entanto, que está na hora da instituição ampliar seus horizontes.

"Eu fiz filmes de super-heróis, e fiz filmes que estiveram considerados para o Oscar, e a única diferença de verdade entre eles é que um é mais caro, e o outro mais barato", disse Holland, que esteve em longas como O Impossível, No Coração do MarCherry, que receberam campanhas robustas para o Oscar. "A forma como eu penso no meu personagem, a forma como o diretor pensa na história e nos arcos - é tudo o mesmo processo, em uma escala diferente. Então sim, eu acho que filmes de super-heróis são arte".

Rothman, que nos anos 1990 fundou o Fox Searchlight, selo independente conhecido por vários filmes que fizeram sucesso no Oscar, faz um argumento parecido. "Eu amo filmes de arte! Eu acho que é fabuloso que filmes de arte são reconhecidos no Oscar, na escala que isso acontece hoje em dia - mas não acho que isso deva excluir cinema comercial de qualidade", disse.

O produtor ainda comparou Sem Volta Para Casa com O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei, que venceu 11 Oscar na cerimônia de 2004 da Academia. "De alguma forma, O Retorno do Rei era uma celebração e uma culminação de todo o trabalho que foi feito na trilogia, e o nosso filme é uma celebração tanto dos nossos filmes mais recentes quanto das encarnações anteriores do Homem-Aranha. Ambos são a conclusão de uma série épica, e são cinema comercial de qualidade", apontou.

Por fim, o time do Teioso comentou que Sem Volta Para Casa se transformou em uma celebração da experiência cinematográfica por ter saído no momento em que as restrições contra a covid-19 estavam se afrouxando de maneira mais uniforme redor do mundo. "As pessoas tinham que sair de casa e ir assistir a esse filme junto com outras pessoas. Isso, para mim, é a magia do cinema", completou Rothman.

Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa já está em cartaz nos cinemas nacionais, e deve chegar à HBO Max em 2022.

Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.