Rumor sugere que novo acordo encerrará participação do Homem-Aranha no MCU

Créditos da imagem: Homem-Aranha: Longe de Casa/Sony Pictures/Reprodução

Filmes

Notícia

Rumor sugere que novo acordo encerrará participação do Homem-Aranha no MCU

Kevin Feige pretenderia usar dois filmes para finalizar arco do herói no universo cinematográfico

Mariana Canhisares
28.09.2019
13h05
Atualizada em
28.09.2019
13h05
Atualizada em 28.09.2019 às 13h05

Informações apuradas pelo ComicBook sugerem que o novo acordo entre Marvel e Sony tem como objetivo encerrar a participação do Homem-Aranha no MCU. Segundo o site, o presidente do Marvel Studios Kevin Feige usaria dois filmes, entre eles o último da trilogia estrelada por Tom Holland, para finalizar o arco do personagem e, então, devolver o controle completo dele à Sony.

Oficialmente, Feige não deu qualquer indicativo de que este seja o plano. Em um comunicado, apenas frisou que nos próximos dois anos o Teioso cruzará universos compartilhados, referindo-se tanto ao MCU, quanto aos longas solo de vilões da Sony.

Há de se notar também que até julho de 2021, data de estreia do terceiro Homem-Aranha, o acordo pode ser novamente revisto. Por isso, fique de olho no Omelete para não perder nenhuma informação.

O desentendimento entre a Marvel Studios e a Sony Pictures aconteceu durante o mês de agosto, quando veio a tona que a dona do MCU estava descontente com sua participação nos lucros de produtos relacionados ao Homem-Aranha. A Marvel então negociou uma porcentagem maior, mas a Sony, percebendo o potencial financeiro do herói, optou por retomar o controle criativo do Teioso, tirando Kevin Feige da produção dos longas e o personagem do MCU. Entenda melhor o acordo aqui. Agora, segundo o Deadline, a Disney vai cofinanciar 25% do terceiro filme e terá um retorno também de 25%.

Enquanto isso, a Sony continua com os planos de montar seu próprio universo cinematográfico baseado no Homem-Aranha, principalmente após o sucesso inesperado de Venom, que fez US$ 856 milhões nas bilheterias mundiais. Um filme do vilão Morbius, com Jared Leto, já está confirmado e o estúdio ainda está desenvolvendo “cinco ou seis” produções televisivas inspiradas em personagens relacionados ao Cabeça de Teia.

Homem-Aranha: Longe de Casa se tornou a maior bilheteria da Sony com US$ 1,109 bilhão arrecadados mundialmente, superando 007 - Operação Skyfall. O filme já está disponível em home-video.