Homem-Aranha japonês e Miles Morales da animação Homem-Aranha no Aranhaverso

Créditos da imagem: Toei/Divulgação // Homem-Aranha no Aranhaverso/Sony Pictures Animation/Reprodução

Filmes

Notícia

Homem-Aranha no Aranhaverso 2 pode ter versão japonesa do herói

Sequência do vencedor do Oscar de Melhor Animação chega aos cinemas em 2022

Mariana Canhisares
07.05.2020
09h41

O produtor Chris Miller voltou a sugerir a aparição da versão japonesa do Teioso na aguardada sequência de Homem-Aranha no Aranhaverso. No Twitter, enquanto fazia comentários ao vivo sobre a animação, ele escreveu:

"O Leopardon aparece nos desenhos de Miles... uma dica do que virá por aí?".

O Homem-Aranha japonês é uma versão livremente inspirada no herói criada para uma série live-action exibida no final dos anos 1970. Com uma premissa bizarra envolvendo OVNIS e robôs gigantes, a personagem já foi tema da série Marvel Trash.

Esta não é a primeira que a aparição do herói é indicada pela equipe da animação. No final de 2019, o também produtor Phil Lord afirmou que esta versão do Aranha estava com o design feito.

Embora os fãs tenham aproveitado os comentários dos produtores sobre o filme para tentar tirar alguma informação sobre a continuação, eles apenas compartilharam a ansiedade para mostrá-la ao mundo:

"Fomos lembrados várias vezes hoje que NÃO deveríamos dizer nada. Acho que eles sabem que não podem confiar em nós. O que posso dizer é... trabalhei nisso o dia todo ontem e foi ótimo. Assistir isso [o primeiro filme] me deixou empolgado para as surpresas que nos aguardam em 2022".

Homem-Aranha no Aranhaverso 2 teve sua nova data de estreia oficial anunciada pela Sony e chegará aos cinemas em 7 de outubro de 2022, seis meses após a estreia prevista anteriormente.

Vale lembrar que a data anunciada se refere à estreia do filme nos Estados Unidos, com a chegada aos cinemas brasileiros ainda em aberto. 

Lançado em 2018, Homem-Aranha no Aranhaverso segue a história do jovem Miles Morales e sua transformação no Homem-Aranha de sua realidade. No entanto, várias versões do herói surgem de outras dimensões e precisam se unir para voltar para casa. O longa arrecadou US$ 375 milhões no mundo e levou o Oscar 2019 de Melhor Longa Animado.