Game Of Thrones | "Fim da série foi libertador", diz George R. R. Martin

Créditos da imagem: ANGELA WEISS / AFP

Séries e TV

Notícia

Game Of Thrones | "Fim da série foi libertador", diz George R. R. Martin

Escritor diz ter sentido pressão para terminar os livros

Julia Sabbaga
18.08.2019
11h05

George R. R. Martin disse que se sente mais livre agora que a série de TV de Game Of Thrones foi encerrada. Ao The Guardian, o escritor revelou que se sentia pressionado a terminar a série de livros, o que prejudicou seu desenvolvimento:

"O stress era enorme", explicou Martin. "Eu não acho que foi bom para mim, porque exatamente o que deveria me fazer acelerar me atrasou. Todo dia que eu sentei para escrever, e mesmo se eu tivesse um bom dia, eu me sentia horrível porque eu ficava pensando 'Meu Deus, eu tenho que terminar esse livro". 

Ele explicou que o fim da série mudou seu comportamento: "A série tendo acabado foi libertador, porque agora eu sigo meu passo. Eu tenho bons dias, e dias ruis, e o stress é bem menor, apesar de ainda existir. Tenho certeza que quando eu terminar Um Sonho De Primavera você terá que me acorrentar à Terra". 

Sobre o fim da série, que desagradou grande parte dos fãs, Martin diz que não afetará a sua própria conclusão da saga: "Nem um pouco. Não muda absolutamente nada". Ele concluiu: "Você não pode agradar a todos, então precisa agradar a si mesmo". 

Game of Thrones exibiu sua temporada final este ano e todos os episódios estão disponíveis na HBO GO.