George R.R. Martin

Créditos da imagem: SDCC 2013/Gage Skidmore/Reprodução

Séries e TV

Notícia

Game of Thrones | Derivado focará em "área pouco explorada nos livros"

"Westeros era um lugar muito diferente", explica George R.R. Martin

Natália Bridi
19.11.2018
21h00
Atualizada em
19.11.2018
21h35
Atualizada em 19.11.2018 às 21h35

George R.R. Martin conversou com a Entertainment Weekly sobre a série derivada de Game of Thrones (que pode se chamar The Long Night; entenda).

Segundo Martin, que trabalha com a showrunner Jane Goldman na criação do programa, o prelúdio deve se passar entre 10 e 5 mil anos antes dos eventos já vistos na TV. "Nos livros é mencionado 10 mil anos, mas você tem lugares onde os arquimeistres dizem 'não, não foram 10 mil anos, foram 5 mil anos", explicou o autor, justificando que muito da história de Westeros é oral e portanto imprecisa.

Ainda assim, Martin garante que a Westeros da nova série é um lugar bastante diferente: "Não há Porto Real, Trono de Ferro, Targaryens - Valíria mal tinha começado a ascender com os dragões e o grande império que eles construíram. Estamos lidando com um mundo diferente e mais antigo e isso, espero, será parte da diversão da série. [Golman] é incrivelmente talentosa. Ela veio para Santa Fé e passamos uma semana discutindo ideias. Ela vai seguir por um território que não explorei muito nos livros, apenas insinuei"

Ainda não há previsão de estreia para o derivado, que contará com Naomi WattsJosh Whitehouse no elenco. Já Game of Thrones exibe sua conclusão na HBO em abril de 2019.