Imagem de Sidney Poitier (AFP PHOTO/ADRIAN SANCHEZ-GONZALEZ)

Créditos da imagem: Imagem de Sidney Poitier (AFP PHOTO/ADRIAN SANCHEZ-GONZALEZ)

Filmes

Notícia

Vencedor do Oscar, ator Sidney Poitier morre aos 94 anos

Poitier é conhecido pelos filmes No Calor da Noite e Adivinhe Quem vem para Jantar

Flávio Pinto
07.01.2022, às 12:53
Atualizada em 07.01.2022, às 15:11
Atualizada em 07.01.2022, às 15:11

Conhecido como o primeiro homem negro a ganhar o Oscar de melhor ator, Sidney Poitier faleceu nesta sexta-feira (7) aos 94 anos. A confirmação foi feita por Fred Mitchell, ministro das Relações Exteriores das Bahamas, e amigo próximo da família do ator, de acordo com o The New York Post, contudo, a causa da sua morte não foi revelada. 

Dono de uma carreira renomada, Poitier entrou para a história do cinema como o primeiro homem negro a vencer um Oscar de melhor ator. A vitória veio em 1964, pelo filme Uma Voz na Sombras. Ele era o vencedor mais velho da categoria. 

Trajetória

Nascido prematuramente em um veleiro a caminho de Miami, nos Estados Unidos, em 20 de fevereiro de 1927, Poitier teve uma infância pobre e com poucos estudos. Aos 16 anos, após enfrentar uma temporada de preconceitos na cidade da Flórida, Sidney decidiu ir para Nova York. Durante o período, ele trabalhou como lavador de pratos em restaurantes, enquanto dormia em terminais de ônibus. Em 1943, durante a Segunda Guerra Mundial, ele mentiu sua idade para se alistar no Exército. 

Após deixar o Exército e muito interessado em atuar, Sidney tentou ingressar no The American Negro Theatre, primeira companhia de teatro exclusiva para atores negros dos Estados Unidos, mas foi recusado. Durante os seis meses seguintes, ele procurou estudar mais e trabalhar no seu sotaque carregado, e, só então, foi aceito pelo grupo. 

Em 1950, ele conseguiu seu primeiro papel creditado nos cinemas em O Ódio é Cego, drama noir de Joseph L. Mankiewicz. A performance do ator foi muito notada pela imprensa e indústria, se tornando responsável por conduzi-lo a mais papéis nas telonas. Por Acorrentados, de Stanley Kramer, Poitier se tornou o primeiro homem negro a ser indicado ao Oscar de melhor ator, em 1958.

Seis anos depois, ele novamente fez história no prêmio máximo do cinema, desta vez, com uma vitória na categoria por Uma Voz na Sombras, drama de Ralph Nelson. Veja seu discurso abaixo:

Perto do fim da década de 1960, pouco após o ápice da segregação racial nos Estados Unidos, Poitier estrelou diversos filmes políticos que abordavam as relações inter-raciais no país, como Ao Mestre com Carinho (1967), Adivinhe Quem Vem para Jantar (1967) e No Calor da Noite (1967). 

Em 2001, quando Denzel Washington se tornou o segundo homem negro a receber a estatueta na categoria de melhor, pelo filme Dia de Treinamento, ele elogiou Poitier em seu discurso: “Sempre estarei atrás de você, Sidney. Sempre estarei seguindo seus passos. Não há nada que eu prefira fazer, senhor”, disse para o ator, que naquela noite compareceu à cerimônia para receber um Oscar honorário pela carreira. 

Poitier casou-se duas vezes, a primeira com Juanita Hardy de 1960 a 1965, e depois com Joanna Shimkus, em 1976. 

O ator deixa seis filhos, oito netos e três bisnetos.

Veja alguns filmes estrelados pelo ator que podem ser encontrados em plataformas de streaming diversas:

  • Um Homem Tem Três Metros de Altura (1957) — disponível para aluguel e compra no Apple TV+
  • O Sol Tornará a Brilhar (1961) — disponível para aluguel e compra no Apple TV+
  • Uma Voz Nas Sombras (1963) — disponível pelo Prime Video
  • A Maior História de Todos os Tempos (1965) — disponível para aluguel e compra no Apple TV+
  • Duelo em Diablo Canyon (1966) — disponível na Oldflix
  • No Calor da Noite (1967) — disponível pelo Prime Video
  • Ao Mestre com Carinho (1967) — disponível para aluguel e compra no Apple TV+
  • Adivinhe Quem Vem Para Jantar (1967) — disponível para aluguel e compra no Apple TV+, Google Play Filmes, Claro Video, Looke e Microsoft Store
  • A Organização (1971) — disponível para aluguel e compra no Apple TV+
  • Um por Deus, Outro pelo Diabo (1972) — disponível para aluguel e compra no Apple TV+ e no YouTube Filmes
  • Conspiração Violenta (1975) — disponível para aluguel e compra no Apple TV+
  • Loucos de Dar Nó (1980) — disponível para aluguel e compra no Apple TV+ e no Google Play Filmes
  • Hanky Panky, Uma Dupla em Apuros (1982) — disponível para aluguel e compra no Apple TV+
  • Papai Fantasma (1990) — disponível para aluguel e compra no Apple TV+, Google Play Filmes e Claro Vídeo
  • Heróis Por Acaso (1992) — disponível para aluguel e compra no Apple TV+ e Claro Vídeo
  • O Chacal (1997) — disponível em streaming pela Netflix e Oi Play, e compra e aluguel pela Claro Vídeo e Apple TV+
  • Eu Não Sou Seu Negro (2016) — disponível em streaming pelo Globoplay e Net Now, e compra e aluguel pelo Google Play Filmes e Apple TV+

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.