Filmes

Artigo

Retrato Omelete: A Vida Insana de Sacha Baron Cohen

Saiba mais sobre o ator conhecido por Borat, que está indicado ao Oscar 2021

A cozinha
19.04.2021
14h54

Sacha Baron Cohen é conhecido pelo mundo todo, mas talvez o público saiba mais da vida do Borat, Ali G e Bruno do que do próprio ator por trás dessas sátiras. Por muitos anos, o ator manteve uma vida muito reservada e só dava entrevistas caracterizado como um desses personagens, mas isso vem mudando recentemente. 

Quem é o homem por trás do bigode do Borat? Paara entender como Sacha Baron Cohen começou sua carreira e por que ele era tão receoso de aparecer de cara limpa em frente às câmeras, é só acompanhar esse Retrato Omelete.

Baron Cohen nasceu em 1971 e era conhecido na infância por ser muito fã de Peter Sellers e dos filmes da Pantera Cor de Rosa, mostrando desde cedo um grande interesse pelo humor. 

Anos mais tarde, ele teve seu primeiro contato com atuação nas aulas de teatro na escola e percebeu que tinha interesse de ser mais do que um espectador nos filmes que assistia. Baron Cohen se matriculou no curso de história da Christ's College, de Cambridge, mas seu verdadeiro propósito era aproveitar as aulas de atuação da faculdade, que tinha uma ótima reputação na área.

Depois de colocar um prazo para começar a carreira no entretenimento, ele foi contratado pelo canal London Weekend Television e criou o personagem MC Jocelyn Cheadle-Hume, que posteriormente ficaria conhecido como Ali G. Presente no The 11 O’Clock Show, a criação se tornou tão importante, que Baron Cohen conseguiu mais espaço e criou outros dois personagens que fizeram muito sucesso: Bruno e Borat.

Em 2006, Borat - O Segundo Melhor Repórter do Glorioso País Cazaquistão Viaja à América foi lançado e foi alvo de várias polêmicas, como ser banido no Cazaquistão, ter recebido mais de três mil processos e supostamente ser o motivo do divórcio da Pamela Anderson. Apesar de tudo isso, Borat foi um grande sucesso. Partindo de um orçamento modesto de US$ 18 milhões, o filme resultou numa bilheteria mundial de mais de US$ 262 milhões, além de ter sido indicado a um Oscar de Melhor Roteiro Original e ganho um Globo de Ouro de Melhor Ator em Filme de Comédia.

Apesar do sucesso - ou melhor, por conta dele - Sacha anunciou que estava aposentando tanto Borat quanto Ali G. Ele justificou o seguinte “quando eu sou Ali G ou Borat, às vezes eu fico no personagem durante 14 horas por dia, então parar de interpretá-los é triste, é como dizer adeus pra alguém querido. Mas o problema com o sucesso, apesar de ser fantástico, é que cada pessoa que vê um filme do Borat é uma pessoa a menos que eu consigo enganar como Borat”.

Depois de quase ter interpretado Fred Mercury nos cinemas (papel que muitos consideravam perfeito para ele), Baron Cohen decidiu fazer a sequência de Borat e é destaque no filme Os 7 de Chicago, da Netflix, pelo qual foi indicado ao Oscar 2021. Confira acima o retrato completo da carreira do astro.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.