Mark Gustafson, codiretor de Pinóquio da Netflix, morre aos 64 anos

Créditos da imagem: Patrick T. Fallon/AFP

Filmes

Notícia

Mark Gustafson, codiretor de Pinóquio da Netflix, morre aos 64 anos

Morte do diretor foi confirmada pelo amigo Guillermo Del Toro

Omelete
2 min de leitura
02.02.2024, às 16H02

Mark Gustafson, codiretor de Pinóquio da Netflix ao lado de Guillermo Del Toro, morreu nesta quinta (1º), aos 64 anos, vítima de um ataque cardíaco. O próprio Del Toro confirmou a informação em suas redes sociais.

"Eu admirava Mark Gustafson antes mesmo de conhecê-lo. Ele foi um pilar da animação stop-motion - um verdadeiro artista. Um homem compassivo, sensível e mordazmente espirituoso. Uma lenda e um amigo que inspirou e deu esperança a todos ao seu redor", escreveu o diretor em seu perfil no X (antigo Twitter).

"Ele deixa para trás um legado de animação do tamanho do Titanic que remonta às origens da Claymation e que moldou a carreira e a arte de inúmeros animadores. Ele deixa amigos e colegas e uma filmografia histórica. Orações e pensamentos vão para sua amada esposa, Jennifer", completou o cineasta.

Gustafson começou a sua carreira no início dos anos 1980 trabalhando como designer no famoso estúdio Will Vinton, conhecido por seus trabalhos em animações. Ele trabalhou em diversos projetos até emplacar a função de diretor de animação em O Fantástico Sr. Raposo.

Outros trabalhos do diretor incluem as séries animadas As Aventuras de Mark Twain e The PJs. Gustafson ainda ganhou um Emmy de Melhor Programa de Animação por A Claymation Easter.

Com Del Toro, Mark Gustafson ganhou o Oscar 2023 de Melhor Filme Animado por Pinóquio.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.