Keanu Reeves em John Wick 2/Lionsgate

Créditos da imagem: Lionsgate/Divulgação

Filmes

Notícia

Traficantes usam nome de vilão de John Wick para transportar cocaína

Polícia italiana apreendeu 150g da droga em um pacote de café endereçado a Santino D’Antonio

Nicolaos Garófalo
17.07.2020
20h32

Uma das maiores franquias de ação da atualidade, John Wick inspirou uma tentativa frustrada de tráfico de cocaína na Itália. A polícia de Florença apreendeu um pacote de café contendo 150g da droga, supostamente endereçada a Santino D’Antonio (via TMZ).

O nome do destinatário da cocaína chamou a atenção da polícia por ser o mesmo do personagem interpretado por Riccardo Scamarcio em Um Novo Dia Para Matar, segundo longa da franquia. A droga estava escondida dentro de grãos de café, enviados a uma tabacaria local.

Estrelado novamente por Keanu Reeves, o quarto filme de John Wick foi adiado para 27 de maio 2022 por conta da pandemia do coronavírus. Na trama, o assassino John Wick sai de sua aposentadoria quando o cachorro que ganhou de sua falecida esposa é morto.

O sucesso da franquia nos cinemas gerou alguns projetos derivados como a série The Continental, que focará a cadeia de hotéis que John Wick e outros assassinos usam como refúgio durante suas missões. De acordo com as regras, nenhum "negócio" pode acontecer na área do hotel. Quem violar essa regra enfrenta consequências graves, como ficou claro em John Wick 3: Parabellum.