Live-action de Mulan

Créditos da imagem: Mulan/Disney+/Reprodução

Filmes

Notícia

Disney+ pode ter arrecadado US$ 260 milhões com lançamento de Mulan no streaming

Segundo dados de analistas, 29% dos assinantes d plataforma adquiriram o filme

Mariana Canhisares
17.09.2020
12h28

A estratégia de lançar Mulan direto no Disney+ nos Estados Unidos parece ter se confirmado uma boa ideia. De acordo com analistas da 7Park Data (via Yahoo), até 12 de setembro 29% dos assinantes (aproximadamente 9 milhões de lares, considerando os últimos dados fornecidos pela Disney) adquiriram o longa, pagando US$ 30. Isso implicaria em uma arrecadação de US$ 261 milhões apenas no mercado estadunidense.

A título de comparação, o novo filme de Christopher Nolan Tenet, lançado também há 15 dias, mas nos cinemas, fez US$ 29,5 milhões no país.

Por outro lado, na China, um dos principais mercados para o lançamento da Disney, Mulan tem tido um mau desempenho. Na estreia, o live-action somou apenas US$23,2 milhões.

Vale notar, porém, que oficialmente a Disney não deu qualquer informação sobre a performance de Mulan no streaming. Mas a diretora financeira Christine McCarthy disse que a empresa está "muito satisfeita" com os resultados.

Mulan reconta a lenda chinesa homônima e traz a atriz Liu Yifei no papel principal. Donnie Yen vive o mentor Tung e Jet Li interpreta o Imperador. O longa está disponível no Disney+, que chega ao Brasil em 17 de novembro.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.