Logo do Disney+ sobre fundo azul/The Walt Disney Company

Créditos da imagem: The Walt Disney Company/Divulgação

Filmes

Notícia

Disney+ terá biblioteca de séries e filmes fixa

Diferentemente de outras plataformas, novo streaming não terá rotatividade mensal de conteúdos licenciados

Nicolaos Garófalo
06.11.2019
23h35

A menos de uma semana de seu lançamento nos Estados Unidos, o Disney+ anunciou que não terá rotatividade de conteúdo licenciado em sua biblioteca. Diferentemente de serviços como Netflix, Hulu e Amazon Prime Video, o streaming da Disney contará com quase todo o conteúdo do estúdio desde o seu primeiro dia, incluindo propriedades da Marvel, Lucasfilm e 21st Century Fox (via Comicbook).

As concorrentes do Disney+, por questões de contrato, costumam adicionar e remover séries e filmes não-originais mensalmente, dependendo do acordo com distribuidores. Por ser dona de toda o seu conteúdo, a Disney apenas adicionará novas produções em sua plataforma a medida em que elas forem sendo lançadas – suas séries originais, por exemplo, serão lançadas da maneira tradicional, com um episódio por semana.

O lançamento do Disney+ na América Latina é previsto para o segundo semestre de 2020, sem uma data específica. Já nos EUA, a estreia será em 12 de novembro, com a assinatura de US$ 6,99 por mês.