Filmes

Artigo

Coringa e filmes que não seriam feitos hoje em Hollywood

Como a origem nas HQs criou o terreno perfeito para o longa de Todd Phillips

A cozinha
04.11.2019
20h00

Toda polêmica em torno de Coringa revela uma grande verdade sobre Hollywood. Não fosse embalado pelo universo dos quadrinhos, o filme nunca seria feito dentro dos padrões da atual indústria do cinema. Violento e amoral, o longa esbarraria em problemas de orçamento e distribuição, jamais conquistando o tipo de atenção e reconhecimento dado ao filme de Todd Phillips.

Seguindo essa lógica, podemos questionar se filmes como Taxi Driver, Laranja Mecânica ou mesmo Clube da Luta seriam feitos atualmente por grandes estúdios. O cinema ainda se permite ousar - vide Clímax, de Gaspar Noé -, mas esses pontos fora da curva dificilmente são criados em Hollywood. Quando o cinema norte-americano produz momentos questionadores ou é dentro do gênero de terror, com a liberdade permitida por seu baixo orçamento, ou é na busca por reconhecimento, preso ao circuito de premiações.

Fosse Arthur Fleck mero psicopata formado por uma sociedade decadente, sem conexão com a criação de um famoso vigilante, sua história nas telas seria outra. Ainda que fosse feito com o mesmo roteiro, salvo as conexões com os quadrinhos, o longa jamais ultrapassaria os US$ 900 milhões arrecadados nas bilheterias mundialmente. Associado ao universo do Homem-Morcego, o filme garantiu um orçamento razoável (ainda que baixo para o gênero dos quadrinhos), o que por sua vez garantiu ao seu diretor liberdade criativa. Feito dentro de um grande estúdio, Coringa também assegurou a sua distribuição e uma campanha de marketing que chegou ao público e também à indústria, garantindo o reconhecimento do longa no circuito de premiações.

Fato é que há tempos não se via tanta discussão em torno de um lançamento hollywoodiano, seja de quadrinhos, seja no circuito de arte, o que já faz de Coringa um marco no cinema. Em tempos em que se discute como a supremacia das HQs tem limitado a criatividade dos estúdios, não deixa de ser irônico que justamente um personagem dos quadrinhos seja o sopro de ousadia que Hollywood precisava.

No vídeo acima, falamos mais sobre a atual situação da indústria do cinema e quais são os filmes que burlaram o sistema e merecem a sua atenção.