Cenas Batman e Tenet

Créditos da imagem: Warner Bros./Divulgação

Filmes

Notícia

Presidente da Warner comenta paralisação de Batman e lançamento de Tenet

Ann Sarnoff diz que não acredita que filmagens voltarão ao normal até que uma vacina para o coronavírus seja descoberta

Nicolaos Garófalo
03.09.2020
22h18

Horas após ser revelado que as filmagens de Batman foram novamente paralisadas por causa do teste positivo para coronavírus de Robert Pattinson, Ann Sarnoff, presidente da Warner, disse que seria ingenuidade acreditar que não havia chances de alguém da produção se contaminar. “O mais importante é estar preparado para quando isso acontecer, e nós estávamos”, afirmou a produtora em entrevista ao THR.

Sarnoff ainda disse que não acredita que as produções de filmes poderão ser retomadas de forma normal “a não ser que criemos uma imunidade de rebanho. Enquanto isso, prosseguimos com a suposição de que não criaremos e retomamos os trabalhos da maneira mais segura o possível”.

A CEO também falou sobre o lançamento de Tenet. Ao invés de passar por novos adiamentos, o filme já foi lançado em alguns mercados internacionais. Segundo Sarnoff, o longa de Christopher Nolan foi “feito para ser visto na telona” e, por isso, em momento algum considerou levar o título direto para as plataformas digitais. “É marcante, cinemático, lindo”. A produtora ainda afirmou que Mulher-Maravilha 1984 também passará por processo similar de lançamento e não irá diretamente para serviços on demand.

Estrelado por Robert PattinsonJeffrey Wright, Zoë KravitzPaul Dano e Colin FarrellBatman chega aos cinemas em outubro de 2021.

Adiado novamente por causa do coronavírus, Tenet estreia no Brasil em 15 de outubro.

Mulher-Maravilha 1984 conta com o retorno da diretora Patty JenkinsGal Gadot e Chris Pine, mas também inclui Pedro Pascal Kristen Wiig como nova dupla de vilões.